Assine Já
sábado, 27 de novembro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53350 Óbitos: 2180
Confirmados Óbitos
Araruama 12493 447
Armação dos Búzios 6571 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15299 896
Iguaba Grande 5549 146
São Pedro da Aldeia 7043 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
QUASE LÁ

Júri nacional aprova manutenção da Bandeira Azul no Peró na temporada 2020/2021

Candidatura pela continuidade da certificação agora será avaliada pela banca internacional

04 julho 2020 - 12h28Por Redação

A Bandeira Azul tem tudo para continuar sendo desfraldada na Praia do Peró, em Cabo Frio, na próxima temporada do verão. O Júri Nacional do Programa Bandeira Azul, em reunião virtual, pré-aprovou a candidatura da praia do Peró para receber pela terceira vez o título internacional de qualidade ambiental. A documentação dos pré-aprovados (18 praias e seis marinas em todo o Brasil) já foi enviada para o Júri Internacional, que dará o parecer final em outubro, em Copenhague. Em geral, os jurados acompanham o parecer nacional.

Participaram do Júri Nacional representantes do Ministério do Turismo, da Economia (Secretaria do Patrimônio da União), da Agência Costeira, da Associação Náutica Brasileira e do Instituto Ambientes em Rede, que coordena o programa no Brasil. A renovação anual da certificação é uma exigência para aferição do cumprimento dos critérios exigidos pelo programa.

– Esta notícia nos enche de orgulho. A Praia do Peró é um dos cartões postais de Cabo Frio. Todos os esforços para que possamos buscar o certificado foram e estão sendo desenvolvidos por diversos atores, dos mais diversos órgãos da prefeitura, e com o apoio dos idealizadores Amigos do Peró – disse o secretário de Meio Ambiente de Cabo Frio, Mário Flávio Moreira.

A secretária estadual de Turismo, Adriana Homem de Carvalho, disse que o resultado do júri nacional é uma ótima notícia para o turismo e uma verdadeira conquista para o Rio de Janeiro. O selo, segundo ela, fortalecerá a divulgação da Costa do Sol e a retomada da atividade turística na regiã.

–  Neste período de isolamento social, a natureza voltou a respirar e temos o objetivo de incentivar cada vez mais o turismo sustentável, com foto na consciência da preservação das nossas praias e atrativos naturais – acrescentou a secretária.

Para o secretário municipal de Turismo, Paulo Cotias, a notícia é um alento em meio às dificuldades no setor impostas pela pandemia do novo coronavírus.

– É um misto de alegria e esperança. Estamos em um momento no qual o enfrentamento à pandemia ainda nos coloca desafios e limitações, ao mesmo tempo em que iniciamos o processo gradual de reativação econômica do turismo. Uma excelente notícia que aumenta ainda mais nossa responsabilidade em fazer tudo dar certo – comentou.

A Bandeira Azul é um dos selos ecológicos mais reconhecidos no mundo. Para se qualificar ao certificado, os municípios candidatos têm que cumprir uma série de critérios ambientais, educacionais, de segurança e de acessibilidade. Tudo deve ser comprovado anualmente. O programa é desenvolvido preferencialmente em praias urbanas, que sejam constantemente visitadas. Os equipamentos implantados devem prevenir danos ao ambiente natural. A qualidade da água é o requisito número um para a aprovação. No Peró, foram feitas análises nos últimos 24 meses, todas com ótimos índices de balneabilidade no trecho certificado.

Presidente do Conselho de Desenvolvimento do Turismo da Costa do Sol (Condetur), Marco Navega disse que a renovação do selo da Praia do Peró é uma conquista para o Estado do Rio num momento conturbado por causa da pandemia do novo coronavírus.

– O Peró é um balneário incomparável em Cabo Frio, município categorizado na categoria A do mapa do turismo brasileiro. Ganhamos a possibilidade de termos uma praia pronta para nosso retorno ao turismo com toda segurança, num lugar abençoado por Deus – comentou Navega.

Um dos fundadores do movimento Amigos do Peró, Jorge Murilo de Oliveira disse que a chegada da Bandeira Azul melhorou a qualidade do turismo no Peró. Ele lembrou que a certificação foi uma conquista da comunidade, que contou com o apoio dos secretários de Meio Ambiente Jailton Dias Nogueira, Eduardo Pimenta e Mário Flávio Moreira.

– A Bandeira Azul é uma conquista da comunidade com apoio do poder público. O foco é o ordenamento, a limpeza e a preservação do ambiente para os moradores, visitantes e para as futuras gerações – disse Jorge Murilo.

Documento para aprovação do júri nacional (Foto: Reprodução de Instagram)

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.