Assine Já
domingo, 11 de abril de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
19ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 32434 Óbitos: 1183
Confirmados Óbitos
Araruama 8059 252
Armação dos Búzios 4018 49
Arraial do Cabo 1143 56
Cabo Frio 8778 419
Iguaba Grande 3162 76
São Pedro da Aldeia 4462 178
Saquarema 2812 153
Últimas notícias sobre a COVID-19
jovem

Jovem que se jogou da Ponte Rio-Niterói tinha casa em Cabo Frio

Segundo amigos, Bruno Monteiro estava morando na cidade desde o ano passado

03 outubro 2017 - 11h42
Jovem que se jogou da Ponte Rio-Niterói tinha casa em Cabo Frio

No último dia do setembro amarelo (sábado passado), que chama a atenção para o combate ao suicídio, o jovem Bruno Monteiro, que frequentava e morou em Cabo Frio por um período, jogou-se da Ponte Rio-Niterói causando a comoção de todos. A queda foi filmada e viralizou em redes sociais e aplicativos de bate papo. Muito alterado, gritando palavras contra a ex-namorada, o vídeo mostra o desespero do jovem que, segundo a polícia, podia estar sob o efeito de drogas. Os Bombeiros continuam as buscas pela Baía de Guanabara e contam com uma lancha do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros RJ, tripulada por quatro militares. 
Frequentador e morador do bairro São Bento, Bruno teria sido trazido para a cidade pelos pais, identificados como Vera e João, para que tivesse uma vida mais tranquila. Ele era frequentador antigo da cidade, mas desde 2016 morava em Cabo Frio. O ator e produtor Sanio Ribeiro era um dos amigos de Bruno. Muito surpreso com a notícia, Sanio conta que saíam juntos com frequência, mas que a última vez que o vira foi há três meses. 
– Saímos juntos para baladas... Um cara festeiro e hiper simples, carismático demais. Conquistava pelo jeito carinhoso e amigo com as pessoas! Bruno é uma pessoa incrível. Seu maior destaque era se preocupar com os amigos, dar atenção. A última vez que o vi foi no Malibu, tem uns três meses. Estava feliz e sorridente, como sempre – relembra Sanio. 
Mas o jovem teria problemas com o uso abusivo de drogas e a família queria interná-lo para tratamento. A revolta de Bruno no dia em que se jogou da ponte de 72 metros de altura, seria porque a ex-namorada e a mãe teriam se unido na tentativa de interná-lo. 
O empresário Alexander Maciel relembra que no ano passado Bruno entrou na sua loja de skates. Mesmo tendo visto ele apenas uma vez, Alexander relembra do episódio com lamento.
– Uma vez ele foi até a loja, parecia ser um cara maneiro, eu tinha achado um skate na época e dei a ele, o moleque parecia ser maneiro, trocamos uma ideia. Triste, aparentava não ter problemas, bem vestido dentro do estilo dele, comunicativo, tanto que dei o skate a ele, pois pareceu ser gente boa. Enfim, triste demais. –  concluiu. 

 

* Confira matéria completa na edição desta terça-feira da Folha dos Lagos.

Leia Também

Geral
Índice de confiança dos pequenos negócios atinge patamar da recessão de 2014, apontam Sebrae e FGV
Sondagem mensal realizada pelo Sebrae e pela FGV detecta que recrudescimento da pandemia e interrupção temporária do auxílio emergencial contribuíram para esse resultado
Carlos Minc, sobre Dunas do Peró: "Não pode haver incompatibilidade entre Turismo e preservação"
DIÁLOGO
Carlos Minc, sobre Dunas do Peró: "Não pode haver incompatibilidade entre Turismo e preservação"
Risco Covid: Baixada Litorânea sai da bandeira roxa (risco muito alto) para vermelha (risco alto)
Coronavírus
Risco Covid: Baixada Litorânea sai da bandeira roxa (risco muito alto) para vermelha (risco alto)
Pandemia: 80% dos profissionais da linha de frente tiveram problema de saúde mental no último ano
Coronavírus
Pandemia: 80% dos profissionais da linha de frente tiveram problema de saúde mental no último ano