Assine Já
sábado, 23 de outubro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Jazz e Blues faz Arraial ter boa expectativa de ocupação

Evento é um dos atrativos da cidade para as férias; em Cabo Frio, previsão da rede hoteleira é ruim

17 julho 2019 - 10h11
Jazz e Blues faz Arraial ter boa expectativa de ocupação

TOMÁS BAGGIO

 

O Festival de Jazz e Blues de Arraial do Cabo é a principal aposta da cidade para atrair turistas neste período de férias escolares. O evento, que será realizado no próximo fim de semana, terá abertura de Ed Motta e inclui atrações internacionais. Segundo o secretário de Turismo, Olavo Carvalho, a previsão é de ocupação superior a 50% na rede hoteleira da cidade.

– Estamos com alguns eventos pontuais neste período de férias escolas, como festas juninas, e teremos o Jazz e Blues como evento principal do período. Estamos prevendo a chegada de cerca de 50 mil turistas nesta quinzena que irão ficar hospedados na cidade. Se contarmos as idas e vindas no período, como as pessoas que vêm apenas para passeios de barco, por exemplo, será um movimento superior a 100 mil turistas – contabiliza o secretário.

De acordo com ele, somente no último fim de semana, mais de 10 mil pessoas passaram pelo Cais da Praia dos Anjos em busca de passeios de barco. O movimento de passeios de barco tem sido alto também nos dias de semana, segundo Olavo.

– O fluxo diário para passeios de barco tem sido de cerca de 4 mil pessoas por dia. E isso aumenta significativamente nos fins de semana –  apontou.

O músico Leo Barreto, produtor do Festival de Jazz e Blues, argumenta que o atrativo do evento é a qualidade da grade de shows que está programada entre sexta e domingo.

– A expectativa é a melhor possível. Novamente estamos trazendo um bluesman internacional, o Lorenzo Thompson, de Chicago (EUA), além de grandes nomes da música como o lendário guitarrista Luiz Carlini (da banda Tutti Frutti com Rita Lee), a banda Blues Etilicos, que é a banda de blues mais conhecida do Brasil, além do Ed Motta, conhecido nome da música brasileira, e também outros artistas da região. O público ainda vai ter uma praça de alimentação com cervejas artesanais, gastronomia variada, expositores de vinhos e espumantes, além de área kids, proporcionando oportunidade de lazer para toda a família – cita Leo.

Cabo Frio com baixa ocupação

Ao contrário de Arraial do Cabo, em Cabo Frio a rede hoteleira está menos empolgada com o período. Segundo o presidente da Associação de Hotéis, Carlos Cunha, a previsão para a segunda quinzena é de 40% de ocupação nos leitos da cidade. 

– Estamos com a ocupação bem baixa. No fim de semana atingimos 50%, mas durante a semana estamos com apenas 30%. No ano passado a segunda quinzena de julho ficou com média em torno dos 60%. Desta vez a expectativa é de média em torno de 40% – afirma ele.

Para Cunha, entre os motivos da queda estão “crise financeira, falta de atrativos além da praia em Cabo Frio, tempo frio, mal cuidado com a cidade e um histórico ruim nos últimos feriados”.

Na semana em que a atual gestão da Prefeitura completa um ano, ele afirma que uma guinada no turismo depende de mais recursos e incentivos para o setor.

– A gestão está muito tímida, sem recursos ou incentivos. Em 12 meses já estamos no segundo secretário. Os planos existem, a boa vontade também. Mas sem recursos e apoio, fica difícil. As secretarias devem trabalhar em conjunto, com o prefeito apoiando, coordenando e autorizando a liberação de recursos – acredita.

Em nota, a Secretaria de Turismo informou que a nova gestão da pasta busca soluções para auxiliar o trade na consolidação do conceito de “melhor temporada”, neste período  de baixa. Para isso, desenvolve o projeto “Territórios Turísticos”, que vai organizar e administrar de modo mais eficiente as áreas de interesse e potencial turístico da cidade. Através do “Territórios”, direcionará as demandas de infraestrutura, sobretudo as relacionadas à calçamento, urbanização e ordenamento. A Secretaria também busca parcerias e investimentos para sinalização turística e asfaltamento de acessos das RJs. Além disso,  está reativando o Conselho Municipal de Turismo, para a promoção de um calendário próprio para a pasta. Junto ao trade está pensando na construção de novos atrativos para o destino, sobretudo nas áreas de gastronomia, esporte, negócios e turismo histórico.