Assine Já
segunda, 30 de novembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 12084 Óbitos: 539
Confirmados Óbitos
Araruama 2426 118
Armação dos Búzios 1132 16
Arraial do Cabo 427 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1129 40
São Pedro da Aldeia 1874 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
Janio

Janio fecha com PR e Walmir sai do partido

Costura do acordo foi feita com ex-governador Garotinho; destino político de empresário é incerto

27 abril 2016 - 09h47Por Rodrigo Branco
Janio fecha com PR e Walmir sai do partido

Walmnir Porto não admitiu interferência da executiva estadual e deixou o PR (Divulgação)

No momento, as atenções podem estar voltadas para a política nacional por conta do processo de impeachment da prseidente Dilma Rousseff, mas isso não significa que as articulação locais estejam paradas. Muito pelo contrário. Os principais pré-candidatos brigam partido a partido para formar uma aliança que se traduza em votos e em um bom tempo de propaganda eleitoral de rádio e televisão.

O último movimento nesse sentido foi a confirmação do apoio do Partido da República (PR) ao deputado estadual Janio Mendes (PDT). Segundo informações, o acordo foi selado diretamente com o presidente estadual da sigla, o ex-governador Anthony Garotinho. A decisão foi tomada à revelia do presidente municipal Walmir Porto e culminou com a sua saída do comando do partido.

O empresário, que em certo momento chegou a anunciar a intenção de concorrer à prefeitura, é aliado do atual prefeito e pré-candidato à reeleição Alair Corrêa (PP). Em nota, Walmir confirmou ontem o desligamento do partido e deixou em aberto o seu futuro político.

“Desde 2011 no Partido da República (PR), o empresário Walmir Porto não responde mais pela legenda: sua desfiliação será oficializada ainda nesta manhã. Presidente do partido desde que se filiou, por enquanto o empresário não pensa em ingressar em nenhuma outra sigla”, diz o comunicado.
Com a saída de Walmir, uma das principais bandeiras de sua gestão à frente do PR– a contestação judicial do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCR) – pode estar com dias contados. Janio e Garotinho já teriam conversado inclusive a respeito da retirada da ação direta de inconstitucionalidade contra o plano que corre na Justiça.

Polêmico – Candidato a deputado federal em 2014, quando recebeu 10.810 votos, Walmir se envolveu em polêmica quando em novembro do ano passado, em postagem no Facebook, teria comparado servidores que protestavam na Praia do Forte a ‘gado atrás do pasto’, fato que ele negou, apagando a postagem.