Assine Já
terça, 20 de abril de 2021
Região dos Lagos
26ºmax
19ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 34054 Óbitos: 1273
Confirmados Óbitos
Araruama 8675 279
Armação dos Búzios 4115 54
Arraial do Cabo 1200 64
Cabo Frio 9216 453
Iguaba Grande 3308 82
São Pedro da Aldeia 4728 188
Saquarema 2812 153
Últimas notícias sobre a COVID-19
PEDIU O BONÉ

Iranildo Campos pede exoneração do cargo de secretário de saúde de Cabo Frio

Médico geriatra, Bruno Alpacino será o quinto a assumir a pasta na gestão Adriano

01 setembro 2020 - 11h18Por Redação
Iranildo Campos pede exoneração do cargo de secretário de saúde de Cabo Frio

Iranildo Campos pediu exoneração do cargo de secretário de Saúde de Cabo Frio na manhã desta terça-feira (1º). De acordo com comunicado enviado pela Prefeitura, Iranildo esteve no gabinete do prefeito Adriano Moreno (DEM) e alegou questões familiares.

Quem assume a pasta é o médico geriatra Bruno Alpacino, que era diretor do Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos. A mudança será publicada no Diário Oficial ainda nesta terça.

Iranildo ficou seis meses e meio à frente da pasta e teve uma gestão marcada por polêmicas, que incluiu desavenças com subordinados, tentativa de terceirização da folha de pagamento e até acusação de agressão física a uma paciente que se trata de câncer.

O policial militar reformado agradeceu ao prefeito pela passagem na pasta.

– Serei eternamente grato ao prefeito Dr. Adriano, que se tornou um amigo. Abri mão de estar próximo da minha família para ajudar a salvar a vida das pessoas em um momento tão crítico como este. Agora a pedido deles, volto para cuidar dos meus filhos – disse.

Alpacino é o quinto secretário de Saúde em 25 meses da gestão Adriano Moreno. Antes de Iranildo, ocuparam o cargo Antonio Macabu, Márcio Mureb e Carlos Ernesto Dornellas. 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.