Assine Já
quarta, 03 de junho de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
13ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 647 Confirmados: 1216 Óbitos: 102
Suspeitos: 647 Confirmados: 1216 Óbitos: 102
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 41 288 27
Armação dos Búzios 59 107 2
Arraial do Cabo 1 46 9
Cabo Frio 496 379 25
Iguaba Grande 32 94 13
São Pedro da Aldeia 12 124 9
Saquarema 6 178 17
Últimas notícias sobre a COVID-19
tamoios

Invasores de terra em Tamoios podem responder criminalmente

"Essa área está abandonada há muito tempo", desabafa pedreiro

24 junho 2014 - 15h50Por Rosana Rodrigues
Invasores de terra em Tamoios podem responder criminalmente

A prefeitura de Cabo Frio, com apoio do 25º Batalhão da Polícia Militar, faz operação neste momento para reintegração de posse em uma área de preservação, às margens da Avenida Ambiental das Pacas, em Tamoios, que começou a ser invadida por cerca de 30 famílias. A ocupação ilegal teria tido início na última sexta (20). Segundo o secretário de Meio Ambiente, Jaílton Nogueira, as pessoas instalaram muros e cerca de delimitação de área. Também capinaram a mata. Muitas delas teriam vindo do Rio de Janeiro. O secretário afirma que há uma solicitação do Ministério Público para removê-las do local. A área, de mais de 30 mil metros quadrados, pertence ao empresário Ernesto Galioto.

O secretário de ações fundiárias de Cabo Frio, Brasilmar Santana, alertou nesta manhã que as pessoas podem responder criminalmente. "Estou alertando que vocês vão perder energia e material (de construção). E ainda vão responder criminalmente. Essa área tem dono", disse.

Não houve confrontos. "Quero que minha situação seja legalizada. Não quero violência. Quero que a prefeitura mostre o documento provando que esta área tem dono", disse o pedreiro Junior da Silva, 28, um dos que tinham começado a demarcar terreno. Outro pedreiro, Roney Castro, de 27, estava inconsolável. "Essa área já está abandonada há muito tempo. Por que não pode ser a minha terra? A prefeitura tem que fazer alguma coisa".