Assine Já
sábado, 17 de abril de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 33571 Óbitos: 1249
Confirmados Óbitos
Araruama 8610 270
Armação dos Búzios 4092 54
Arraial do Cabo 1165 61
Cabo Frio 8993 441
Iguaba Grande 3308 82
São Pedro da Aldeia 4591 188
Saquarema 2812 153
Últimas notícias sobre a COVID-19
UPA

Instituto que administrava UPA de São Pedro vai à Justiça contra estado

Organização social exige pagamento de R$ 5 milhões para pagamento de ex-funcionários

28 junho 2016 - 09h07Por Redação
Instituto que administrava UPA de São Pedro vai à Justiça contra estado

O Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), órgão administrador da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Pedro da Aldeia, precisou recorrer à Justiça para poder receber o repasse do Estado do Rio de Janeiro e não se endividar com funcionários. O instituto ingressou com um pedido de mediação no Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro e entrou com uma ação judicial na 14ª Vara da Fazenda Pública exigindo o depósito de R$ 5 milhões.

A mediação foi para solucionar o problema da dívida e garantir o pagamento imediato de 165 trabalhadores demitidos do Instituto. Já a ação proíbe que o Governo Estadual utilize o CNPJ do INDSH para compras – haverá multa diária para qualquer ação desse tipo.

O presidente do INDSH, José Carlos Rizoli, afirmou que as medidas são para honrar compromissos com os trabalhadores.

– Tais medidas são parte de nosso esforço no sentido de efetuarmos o pagamento das rescisões trabalhistas dos ex-colaboradores e de compromissos com fornecedores da UPA, e da falta de diálogo por parte do Governo Estadual – afirmou.

Em abril passado, o instituto suspendeu o contrato, com a previsão da interrupção dos atendimentos aos pacientes e a falta de pagamento para funcionários, prestadores de serviços e fornecedores.