Assine Já
quarta, 08 de julho de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 307 Confirmados: 3145 Óbitos: 189
Suspeitos: 307 Confirmados: 3145 Óbitos: 189
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 261 601 41
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 959 61
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 17 500 18
Saquarema 7 518 31
Últimas notícias sobre a COVID-19
Inep

Inep divulga notas de colégios no Enem

Instituto Santa Rosa e Colégio Rui Barbosa são destaques em Cabo Frio

04 outubro 2016 - 20h09
Inep divulga notas de colégios no Enem

Depois dos alunos receberem o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), foi a vez das escolas ganharem as notas na manhã de ontem: o colégio com a melhor média de Cabo Frio foi o Instituto Santa Rosa, com nota 595,45. Dentre as públicas, o Rui Barbosa ficou à frente com 518,88. O levantamento, que traz apenas as unidades que tiveram 50% dos alunos de terceiro ano inscritos no Enem, foi realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).


A diretora do Santa Rosa, Paula Santa Rosa, comemorou bastante o resultado, mas afirmou que ele aconteceu naturalmente.
–  São vários os fatores que levaram a esse resultado. Mas a nossa escola não coloca a prova como prioridade em suas ações. Mais que aprovar alunos, formamos pessoas. Temos uma equipe comprometida e apaixonada pelo que faz. Estamos sempre em busca do melhor para os nossos alunos e isso envolve automaticamente prepará-lo a ter os melhores resultados. Mas o Santa Rosa vai muito além de um primeiro lugar no Enem.


O estudante de administração da Universidade Federal Fluminense (UFF) de Macaé, João Victor Perissé, 18, ressaltou a importância do projeto intensivo do Santa Rosa.
– Estudei  e fiz pré-vestibular no Santa Rosa. Lá, tinha um projeto intensivo nos dois meses que antecederam o Enem, em que a gente tinha aula pela manhã e o projeto na parte da tarde. Era um projeto específico para o Enem. A escola deu um amparo muito grande nessa área.


A nota do Rui Barbosa, que ficou na frente até de algumas escolas particulares, reforçou ainda mais a luta pela manutenção da escola no âmbito municipal. A diretora do colégio, Márcia Marques, 47, relembrou a importância do Rui na formação do cabofriense.
– Nós fizemos uma carta-compromisso para a manutenção do colégio. A partir do ano que vem, queremos que o prefeito que estiver no cargo dê a resposta ao Ministério Público. A manutenção é muito importante porque o Rui é uma escola de qualidade  e de oportunidade. Conseguimos colocar mais alunos nas universidades públicas que muita escola particular. Além disso, há outros fatores como movimento estudantil forte, grêmio atuante e alunos críticos – comentou.


A professora de português Denize Alvarenga, 48, classificou a escola como uma “ilha de resistência”.
– Demonstra que somos uma ilha de resistência e de oportunidade. Toda família deseja uma boa escola para seu filho, mas a classe trabalhadora não pode pagar por ela. Ter uma escola de referência para que o aluno sonhe é necessário. Precisamos dar aos jovens oportunidades.