Assine Já
sábado, 25 de setembro de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 51256 Óbitos: 2089
Confirmados Óbitos
Araruama 12211 437
Armação dos Búzios 6305 64
Arraial do Cabo 1689 90
Cabo Frio 14244 839
Iguaba Grande 5384 138
São Pedro da Aldeia 6892 286
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Inea

Incêndio no Parque Estadual Costa do Sol mata espécies em extinção

Segundo Inea, fogo foi causado por causa de invasões

23 outubro 2015 - 08h37Por Rodrigo Branco

Um incêndio que começou na última sexta-feira e foi controla­do apenas na noite de anteontem deixou um rastro de morte e des­truição no Parque Estadual Cos­ta do Sol, que fica na Área de Preservação Ambiental (APA) de Massambaba.

A região atingida fica em Ar­raial do Cabo, próximo à praia da Pernambuca, na localidade do Caiçara. O Instituto Estadu­al do Ambiente (Inea) acredita que o incêndio tenha sido crimi­noso em função da especulação imobiliária e pelo fato da região servir como pastagem. Os fortes ventos, com velocidade média de 45 Km/h, ajudaram a propa­gar o fogo com mais rapidez.

    

Estima-se que a devastação te­nha atingido uma área que chega a sete hectares, ou 70 mil metros quadrados, o equivalente a qua­se dez vezes o tamanho do gra­mado do Maracanã. Pior ainda: alguns exemplares de espécie consideradas em extinção como jacaré-do-papo-amarelo; coruja-buraqueira e cachorro-do-mato, entre outros, foram encontrados mortos pelos guarda-parques.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta sexta-feira (23)