Assine Já
segunda, 25 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
DEPOIS DE CINCO ANOS

IML de Cabo Frio é reaberto após reforma com recursos da Faperj

Foram investidos, aproximadamente, R$ 56 mil nas obras de modernização do local

10 julho 2021 - 10h00Por Redação

O governador Cláudio Castro esteve, nesta sexta-feira (9), na cerimônia de reabertura do novo posto de Instituto Médico Legal (IML), em Cabo Frio, cidade da Região dos Lagos. O espaço, ligado à Secretaria de Polícia Civil, estava fechado há cerca de cinco anos e foi reformado com recursos da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), vinculada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e Inovação (Secti).

Foram investidos, aproximadamente, R$ 56 mil nas obras de modernização do local, que, além de atender a população de Cabo Frio, também receberá demandas das cidades de Arraial do Cabo, Armação de Búzios, São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande, Araruama, Saquarema, Rio Bonito e Silva Jardim.

– Uma política de segurança pública estruturada necessita das polícias Civil e Militar fortes. Nosso trabalho é que tenhamos uma segurança pública técnica e de qualidade. O sucateamento dos IMLs e da Polícia Civil geram impunidade, que também faz com que haja o aumento da criminalidade. Isso faz com que tenhamos uma política de segurança pública equivocada, que coloca a vida da população e do policial em risco – lembrou o governador.

A reforma geral do prédio contemplou a recuperação de telhado, a pintura e a restauração das partes elétrica e hidráulica. Além disso, a sala de necropsia também passou por manutenção e foram instalados aparelhos de ar-condicionado novos no local.

–  Por muito tempo, as pessoas que perderam seus parentes tinham que se deslocar para as cidades próximas para dar prosseguimento ao processo de sepultamento dos corpos. Reabrir o IML é resgatar a dignidade humana no momento de maior dor e sofrimento. As obras foram custeadas pela Faperj e teve todo o acompanhamento técnico da Polícia Civil. Vale dizer ainda que há no local um plano de descarte de resíduos em virtude da proximidade ao canal – afirmou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Dr. Serginho.

O posto funcionará em regime de plantão, 24 horas por dia, onde vão atuar médicos legistas, técnicos e auxiliares de necropsia, papiloscopistas, além do pessoal de apoio administrativo. No local, vão ser realizados os exames de corpo de delito e necropsias, de responsabilidade do Departamento-Geral de Polícia Técnico-Científica (DGPTC), da Polícia Civil, e, ainda, o Serviço de Verificação de Óbito (SVO), que cabe à prefeitura.

–  Um dos compromissos desta gestão da Polícia Civil é reabrir os IMLs do interior fluminense. Exatamente para minimizar o sofrimento da população que tem que enterrar seu parente e que, agora, não vai mais precisar ir a São Gonçalo ou a Macaé para isso. A Polícia Civil se sente valorizada com esta ação e, principalmente, entrega à população uma obra para que se tenha menos dor da hora da morte de um familiar – disse o secretário de Polícia Civil, delegado Allan Turnowski.

O Serviço Médico Legal de Cabo Frio atenderá os municípios de Arraial do Cabo, Armação de Búzios, São Pedro da Aldeia, Iguaba Grande, Araruama, Saquarema, Rio Bonito e Silva Jardim.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.