Assine Já
domingo, 28 de novembro de 2021
Região dos Lagos
28ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53491 Óbitos: 2186
Confirmados Óbitos
Araruama 12497 447
Armação dos Búzios 6580 73
Arraial do Cabo 1754 93
Cabo Frio 15408 901
Iguaba Grande 5564 147
São Pedro da Aldeia 7047 290
Saquarema 4641 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Iguaba Grande recebe o espetáculo 'Plantou Palavra, Colheu Poesia' de 16 a 19 de novembro

Projeto faz um encontro entre a arte brasileira e a educação, incentivando o hábito da leitura

11 novembro 2021 - 10h32Por Redação

Com patrocínio da Enel Distribuição Rio e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro, através do Edital Enel de Seleção de Projetos Culturais e Esportivos Incentivados - RJ, a produtora, educadora e atriz Daniele Yanes (que já foi a Narizinho do Sítio de Monteiro Lobato) promove o incentivo à leitura através do projeto InConto Marcado, que inicia a circulação do espetáculo "Plantou Palavra, Colheu Poesia" em quatro cidades do Estado do Rio de Janeiro, em que a primeira foi Petrópolis (de 3 a 5 de novembro), e a segunda Santa Maria Madalena. Agora, Iguaba Grande recebe o projeto, de 16 a 19 de novembro, para o público das escolas públicas da região (alunos e professores). Será na Quadra Poliesportiva Oswaldo Antunes Neves, bairro Bela Vista. A circulação ainda prevê a Oficina de Teatro Literatura Brincante - para professores de instituições públicas habilitadas.

Com 10 anos em atividade, o InConto Marcado é um projeto de incentivo à leitura que apresenta espetáculos teatrais baseados em obras da literatura brasileira. Através das potências do teatro, da poesia, da literatura e da música, se dedica a semear o gosto pela leitura e pelas artes em geral.  É um encontro marcado entre a arte brasileira e a educação, entre os artistas e o público, entre professores e alunos, todos juntos no mesmo momento In Conto, dentro do Conto, através do Teatro. 

"O InConto bebe em algumas das fontes mais tradicionais da arte, como o teatro mambembe, a contação de histórias e a literatura. Une essas forças para tocar e encantar toda sorte de crianças, inclusive as enrugadas e calvas", explica Daniele Yanes, idealizadora e produtora executiva do projeto.  'Mais do que um projeto de teatro, o InConto Marcado é essencialmente uma iniciativa que busca o incentivo à leitura e este objetivo está presente em todos os seus pilares, trazendo o Livro como um elemento-chave, que oferece ao público acesso a um universo mágico, criativo e transformador", analisa Daniele. 

'Plantou Palavra, Colheu Poesia' é o mais recente espetáculo do projeto, uma adaptação do livro homônimo da premiada escritora cearense Socorro Acioli, uma singela homenagem a todos os poetas e à arte popular brasileira. Com forte influência do teatro mambembe, a Trupe do InConto Marcado, com três atores, se desdobra em diversos personagens que, juntos, contam a história de Francisco, um menino que se retira com a sua enorme família para Assaré. Lá ele conhece um agricultor e poeta chamado Antônio - na peça personificado na figura de Patativa do Assaré - e, a partir deste encontro mágico e transformador, começa a sua aventura em busca de descobrir como se faz poesia. 

Realizado numa Caixa Cênica itinerante, o espetáculo passeia por várias linguagens em sua concepção, com a presença de bonecos, pernas de pau, música ao vivo e poesia, para a construção de uma atmosfera poética e vibrante. O lúdico, o poético e o popular estão presentes em tudo.

A etapa fluminense vem com novidade: a trilha sonora original. E para sorte e honra do projeto, a missão ficou a cargo do multi-instrumentista, arranjador, compositor e educador carioca Carlos Malta, conhecido como "escultor do vento", com quarenta anos de carreira, e do poeta, cantor e artista popular baiano Rodrigo Sestrem. 

O resultado de tudo isso é uma legítima homenagem aos autores, poetas e cantadores do Nordeste, através de uma verdadeira aventura poética, brincante, musical e interativa. 

O espetáculo será apresentado ainda nas cidades de Iguaba Grande, Santa Maria Madalena e Niterói. Duração: 55 minutos Classificação etária: Livre (a partir de 5 anos) . 

FICHA TÉCNICA

Idealização e direção geral: Daniele Yanes

Elenco: Daniele Yanes, Geórgia Amaro, Jefferson Tinoco

Autora: Socorro Acioli

Dramaturgia: Daniele Yanes

Produção executiva: Camilla Leal

Coordenação de produção circulação: Vinicius Terra

Assistência de produção circulação: Ártemis & Jeff Nunes 

Trilha Original: baseada na obra de Carlos Malta

Consultoria musical: Carlos Malta

Trilha sonora original: Carlos Malta e Rodrigo Sestrem

Desenho de Som: Daniele Yanes

Poemas originais: Rodrigo Sestrem

Interpretação das canções: Natália Milano e Rodrigo Sestrem

Idealização e confecção boneco Patativa: Miguel Campelo

Figurinos: Miguel Campelo

Execução de figurinos: Devyson Freitas e Luciana de Lima

Cenários e adereços: Rociania Barreto Cavalcante e Rose Assis

Manutenção de adereços: Rose Assis

Desenhos originais: Raquel Theo e Rosana Mapurunga

Designer e programação visual: Raquel Theo

Assessoria de Imprensa: Alexandre Aquino

Gestão de mídias sociais: Carolina Salgado Santos

Gestão de projeto: Moleque Produções

 

Sobre o InConto Marcado

Em 2010 nascia o InConto Marcado, com o objetivo de utilizar a sinergia entre a literatura e o teatro brasileiros como uma ferramenta de educação e estímulo à leitura. Tendo como ponto de partida o desenvolvimento e a circulação de peças teatrais baseadas em obras da literatura nacional, o projeto que une arte e educação já levou espetáculos e oficinas teatrais a quase 30 cidades das regiões Norte e Nordeste do Brasil. Desde a sua fundação até hoje, o InConto Marcado atingiu um público total de mais de 35 mil espectadores, além de mais de 1600 professores capacitados nas oficinas de teatro.

As três peças desenvolvidas e apresentadas durante este período – Fio Após Fio, Brejo das Flores e Plantou Palavra, Colheu Poesia – partem de universos ficcionais diferentes para abordar de forma poética uma das questões mais importantes do nosso tempo: como manter vivas as pontes que ligam a infância à vida adulta, o cotidiano e a imaginação. Com linguagem acessível e um formato itinerante, os espetáculos e oficinas teatrais têm entre seus principais objetivos a democratização do acesso à arte, a formação de plateia e o estímulo à leitura.

O projeto foi ganhador do Prêmio FUNARTE de Circulação Literária 2010 e de quatro edições do Edital Mecenas das Artes do Ceará, com o patrocínio da ENEL (2014 a 2017). Em 2019 o espetáculo mais recente do projeto, Plantou Palavra Colheu Poesia, foi contemplado pelo edital de ocupação da Caixa Cultural e realizado nas cidades de Fortaleza e Salvador, com patrocínio da Caixa Econômica.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.