Assine Já
terça, 11 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
15ºmin
Alerj
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 4925 Óbitos: 287
Confirmados Óbitos
Araruama 820 56
Armação dos Búzios 372 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1661 97
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 754 39
Saquarema 864 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
COM RESTRIÇÕES

Igrejas e templos religiosos de Cabo Frio poderão reabrir a partir do dia 15

Capacidade de público será reduzida a 50% e fiéis deverão manter distância mínima de um metro e meio entre eles

10 julho 2020 - 21h01Por Rodrigo Branco

As igrejas e templos religiosos de Cabo Frio poderão reabrir a partir da próxima quarta-feira (15). A permissão foi dada nesta sexta-feira (10), por meio do decreto municipal nº 6.293, assinado pelo prefeito Adriano Moreno (DEM), a que a Folha teve acesso em primeira mão. A reabertura será feita com restrições, como a ocupação de 50% dos templos e o distanciamento de um metro e meio entre os fiéis. O decreto ainda tem que ser editado no jornal que faz as publicações oficiais do município.

De acordo com o documento a que a Folha teve acesso, as igrejas deverão se adequar dentro das normas sanitárias para voltar a receber o público. Entre as regras que deverão ser obedecidas pelos templos, estão o uso de máscaras obrigatório por parte dos fiéis e celebrantes e a disponibilidade de dispensadores com álcool 70º na entrada dos templos.

Banheiros e lavatórios deverão disponibilizar água, sabão e toalhas descartáveis. Além disso, os ambientes deverão estar ventilados e os assentos, chão, corrimãos, maçanetas e instrumentos terão que ser limpos e esterilizados no intervalo entre cada celebração. A distribuição e compartilhamento de folhetos, livretos e congêneres fica proibida.

O pedido pela retomada das atividades religiosas presenciais já durava algumas semanas. Um projeto de lei nesse sentido, da vereadora Alexandra Codeço (Republicanos) foi aprovado na Câmara Municipal. No fim de junho, a Arquidiocese de Niterói havia liberado a volta das atividades, mas afirmou que o retorno deveria obedecer aos decretos de cada município. Da mesma forma, o Conselho de Pastores de Cabo Frio se pronunciou e orientou os fiéis a aguardarem a edição de um decreto pela Prefeitura.

No momento, o município se encontra dentro da zona laranja, na escala que monitora o risco de disseminação do novo coronavírus e serve de referência para a flexibilização das atividades no município. Até o fechamento desta reportagem, Cabo Frio registra 1.035 casos confirmados de Covid-19 e 63 mortes. Ao todo, 750 pessoas já se recuperaram da doença. Além disso, dos 32 leitos de UTI da rede municipal, 24 estão ocupados (75% de ocupação). 

Confira abaixo as normas sanitárias que entrarão em vigor:

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.