Assine Já
sábado, 19 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 43332 Óbitos: 1676
Confirmados Óbitos
Araruama 10701 336
Armação dos Búzios 5211 57
Arraial do Cabo 1501 83
Cabo Frio 11534 622
Iguaba Grande 4461 107
São Pedro da Aldeia 5895 260
Saquarema 4029 211
Últimas notícias sobre a COVID-19
Hospital

Hospital do Jardim Esperança reabre em 20 dias

Após episódio de vandalismo, unidade terá portas de ferro e policiamento reforçado dia e noite

11 maio 2016 - 09h55Por Rodrigo Branco
Hospital do Jardim Esperança reabre em 20 dias

Fechado desde o último dia 22 de abril, quando foi depredado por pessoas suspeitas de ligação com o tráfico de drogas naquela região, o Hospital Otime Cardoso dos Santos, no Jardim Esperança, já tem data de reabertura: dia 30 deste mês.

Desde então, a unidade vem passando por reformas não apenas para reparar os danos, mas aumentar a segurança para pacientes e funcionários. Entre as mudanças está a instalação de portas de ferro e de câmeras para monitorar o movimento.

Antiga reivindicação, o policiamento na área, que fica próxima a várias comunidades dominadas pelo tráfico de drogas, será reforçado pela Polícia Militar. Esta, pelo menos, é a promessa do comandante do 25º Batalhão, tenente-coronel André Henrique de Oliveira.

– Vamos manter policiamento durante 24 horas no local, mas não vamos usar o quiosque do DPO, porque necessitaria de obras no local e mesmo assim não atenderia as nossas necessidades. Os policiais ficariam muito vulneráveis – afirma o comandante.

Segundo a assessoria da secretaria municipal de Saúde, o hospital será reaberto com o quadro de funcionários completo, que normalmente tem cinco clínicos na emergência e três pediatras por dia, além de enfermeiros e auxiliares.

Nos últimos tempos antes do fechamento, a unidade vinha tendo dificuldades no atendimento por falta de profissionais, em função da falta de condições de segurança e, segundo informações, por atrasos no pagamento dos salários. De toda a forma, a reabertura do Hospital Jardim promete oxigenar a rede, que atualmente só conta com o HCE, em São Cristóvão, como unidade de emergência no primeiro distrito, desde que a UPA do Parque Burle foi fechada ao público em dezembro do ano passado.

(*) Leia a matéria na íntegra na edição impressa da Folha dos Lagos desta quarta-feira.

Leia também: 

Guerra entre facções no Jardim Esperança deixa três mortos e hospital é depredado