Assine Já
terça, 07 de julho de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
TEMPO REAL Suspeitos: 311 Confirmados: 3077 Óbitos: 182
Suspeitos: 311 Confirmados: 3077 Óbitos: 182
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 265 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 1 479 16
Saquarema 16 493 30
Últimas notícias sobre a COVID-19
crise saude

Hospital da Criança tem 39 demitidos entre médicos e técnicos

Sindicato dos Trabalhadores de Saúde promove paralisação na próxima segunda-feira

08 maio 2015 - 08h55
Hospital da Criança tem 39 demitidos entre médicos e técnicos

Ainda não se sabe até aonde vai a extensão da crise na saúde de Cabo Frio por conta das demissões, mas os primeiros levantamentos evidenciam  que a área agoniza. Somente no Hospital Municipal da Criança foram dispensados 39 profissionais, sendo 14 médicos e 25 auxiliares e técnicos de enfermagem. A informação é de Gelcimar Almeida, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do município.

Segundo ele, independentemente das demissões o sindicato promove paralisação de todos os servidores de Cabo Frio na próxima segunda-feira, dia 11, por conta da campanha para melhoria salarial de 2015.

– Ainda não temos toda a dimensão dessas baixas, mas fica nítido que não houve critério. Estamos finalizando o levantamento, mas até o momento os números são altos e inviabiliza um atendimento de qualidade – disparou, acrescentando que a greve estava programada antes do anúncio das demissões.

Segundo ele, até o fim da tarde de ontem 78 profissionais da saúde, em diversas unidades, haviam sido dispensados pela prefeitura. No Hospital da Criança, por exemplo, o número pode ser maior, já que não foi contabilizado pessoal administrativo, maqueiros e motoristas. Entre os dispensados, profissionais de especialidades em escassez na região.

– Como estas dispensas foram avaliadas? Temos dificuldades com pneumopediatras, alergistas e até mesmo otorrinos, principalmente para crianças. E mesmo assim foram dispensados – criticou.

Até o fechamento desta edição, o mapa das demissões na saúde de Cabo Frio abrange Hemolagos (5), Upa de Tamoio (16), PAM de São Cristóvão (5), Lar de Cidinha (6), Lar Esperança (2), unidades básicas de saúde (5). Os números dos hospitais da Mulher, do Jardim Esperança e São José Operário, e da Upa de Cabo Frio ainda estão sendo computados pelo sindicato.

 

*Matéria completa na edição impressa desta sexta-feira.