Assine Já
quarta, 30 de setembro de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8438 Óbitos: 437
Confirmados Óbitos
Araruama 1675 103
Armação dos Búzios 500 10
Arraial do Cabo 256 15
Cabo Frio 2775 149
Iguaba Grande 699 37
São Pedro da Aldeia 1353 54
Saquarema 1180 69
Últimas notícias sobre a COVID-19
Horário de verão termina à meia-noite de domingo (21)

Horário de verão termina à meia-noite de domingo (21)

Em cerca de quatro meses, economia foi de R$ 162 milhões

20 fevereiro 2016 - 13h46
Horário de verão termina à meia-noite de domingo (21)

Relógios devem ser atrasados à meia noite na virada deste sábado (20) para domingo (21)

 

Para quem aprecia ou não algumas horas a mais de dia claro, é preciso ficar atento: o horário de verão 2016 termina na virada deste sábado (20) para domingo (21). Assim, à meia-noite do dia 21 os relógios devem retornar ao horário original, sendo atrasados em uma hora nos estados das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do país: Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. O horário especial começou em 2015, à meia-noite do dia 18 de outubro. Na 40ª edição do período no país a economia gerada foi de R$ 162 milhões, de acordo com o Operador Nacional do Sistema (ONS).

O anúncio foi feito na sexta-feira (19). Em outubro, a previsão de diminuição de gastos era maior (R$ 240 milhões). Outra conta feita pelo ONS é da demanda de investimentos que foi evitada com a mudança no relógio. 

"Do ponto de vista estrutural, a continuidade da aplicação do Horário de Verão representa custo evitado de investimento no sistema elétrico de R$7,7 bilhões que seriam necessários caso não utilizássemos essa medida", informou o órgão em nota.

Segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), o horário de verão tem como objetivo principal a redução da demanda máxima do Sistema Interligado Nacional no período de pico, ou seja, quando mais pessoas, empresas e indústrias estão utilizando a energia elétrica. E isso é possível porque no intervalo de maior uso a iluminação passa a ser acionada mais tarde do que normalmente o seria, motivada pelo adiantamento do horário. 

As regras para o horário de verão estão estipuladas no decreto 6.558, de 2008, que fixa a duração da media em quatro meses. A data estipulada para o início do horário especial é sempre o terceiro domingo de outubro e o encerramento ocorre no terceiro domingo de fevereiro.

Como surgiu o horário de verão?

No Brasil, o primeiro horário de verão foi realizado entre 1931 e 1932, pelo presidente Getúlio Vargas, com duração de 5 meses. A prática vem sendo adotada sem interrupções desde 1985, com algumas diferenças nos estados que aderem à mudança, e também nos períodos de duração.

A única exceção para o decreto 6.558, de 2008, que define as regras do horário de verão atualmente, ocorre quando o terceiro domingo de fevereiro coincidir com o domingo de Carnaval. Nesse caso, o horário de verão termina no quarto domingo de fevereiro.

A ideia de adiantar a hora oficial em períodos de verão foi lançada em 1784 por Benjamim Franklin, político e inventor americano. O primeiro país a adotar oficialmente o horário de verão foi a Alemanha, em 1916, durante a Primeira Guerra Mundial, para economizar os gastos com carvão.