Assine Já
sábado, 27 de fevereiro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26413 Óbitos: 912
Confirmados Óbitos
Araruama 6711 182
Armação dos Búzios 3191 32
Arraial do Cabo 855 37
Cabo Frio 7283 352
Iguaba Grande 2510 55
São Pedro da Aldeia 3488 126
Saquarema 2375 128
Últimas notícias sobre a COVID-19
sepe

Guardas Municipais e profissionais da Educação vão parar na Delegacia

Confusão aconteceu na sede da secretaria de Fazenda de Cabo Frio

16 dezembro 2015 - 16h13

Em greve, o funcionalismo público de Cabo Frio realizou mais uma manifestação nesta quarta-feira (16). Mas desta vez o protesto acabou na 126ªDP, onde representantes da Guarda Municipal e profissionais da Educação registram dois boletins de ocorrência: um de dano ao patrimônio público e outro de agressão. O tumulto aconteceu quando os manifestantes tentaram entrar na Secretaria de Fazenda e os guardas impediram – na confusão um vidro da secretaria foi quebrado.

– Nós pedimos para usar o banheiro e eles não quiseram deixar. Houve um empurra, empurra e aí começou a confusão. Os guardas nos agrediram, temos várias mulheres com marcas da agressão – informou Denise Teixeira, diretora de Imprensa do Sepe.

– Estava tudo tranquilo até que a Denise forçou a entrada e deu um soco no vidro. Eu tentei conter a confusão e apanhei delas, levei vários socos nas costas. Tem um guarda que levou um soco na boca e outro está com a mão cortada. Nós só protegemos o patrimônio público – desabafou o Guarda Luiz Claudio Dutra. 

Um advogado da Comissão de Diteiros Humanos da OAB está acompanhando o caso na Delegacia.