Assine Já
quinta, 28 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
32ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 22908 Óbitos: 767
Confirmados Óbitos
Araruama 5567 166
Armação dos Búzios 2989 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 6139 264
Iguaba Grande 2043 50
São Pedro da Aldeia 3225 107
Saquarema 2294 117
Últimas notícias sobre a COVID-19
DETERMINAÇÃO DO NOVO GOVERNO

Guardas municipais de Cabo Frio protestam contra mudança na escala de trabalho

Agentes saíram pelas ruas da cidade e chegaram a fechar Ponte Feliciano Sodré nesta quinta (31)

31 dezembro 2020 - 14h14Por Redação

O governo de José Bonifácio (PDT) começa apenas nesta sexta (1°), mas o novo prefeito de Cabo Frio já se vê diante da insatisfação de servidores municipais. Guardas municipais protestaram na manhã desta quinta-feira (31) por causa do anúncio feito por Bonifácio de uma mudança na escala de serviço da categoria.

Com a alteração, os agentes deixarão de trabalhar no regime de escala para atuar em horário fixo, das 9h às 18h. Segundo o novo prefeito, o objetivo é aumentar o número de guardas nas ruas no período. Contudo, a decisão desagradou os agentes que ficaram aquartelados e depois saíram pelas ruas da cidade em forma de protesto.

De acordo com os guardas, o novo sistema prejudica os agentes que moram em outros municípios. Além disso, eles alegam que haverá redução salarial, pois a gratificação referente ao plantão seria retirada.

Um grupo de manifestantes chegou a fechar o tráfego na Ponte Feliciano Sodré. Com a cidade cheia, logo houve reflexo no trânsito. Bonifácio foi ao local para conversar com os manifestantes, mas não houve consenso. Sem acordo, a Ponte depois foi liberada.

Com o impasse, os guardas municipais retornaram à sede da corporação, em São Cristóvão, onde voltaram a se aquartelar.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.