Assine Já
quinta, 28 de outubro de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
PREOCUPAÇÃO

Guardas municipais cobram melhoria na estrutura das barreiras sanitárias

Morte de agente por Covid-19 acende alerta para falta de equipamentos de proteção

12 junho 2020 - 20h44Por Rodrigo Branco

O grito de socorro por melhores condições de trabalho em Cabo Frio não sai apenas de dentro dos hospitais e unidades públicas de Saúde, mas também daqueles que tem a função de manter a ordem na cidade em tempos de pandemia. A morte do guarda civil municipal Ezaquiel Pedro da Silva, de 36 anos, nesta quarta-feira (10), por Covid-19, aumentou a preocupação na categoria, que já vinha cobrando mais estrutura no trabalho feito nas barreiras sanitárias que ficam no acesso à cidade.

O agente trabalhava como motopatrulheiro, diretamente nas barreiras, que têm a função de impedir a entrada de veículos com turistas e de ônibus de excursão no município. Mas, segundo o vice-presidente da Associação dos Guardas Municipais de Cabo Frio e segundo vice-presidente do Sindicato dos Servidores de Cabo Frio (Sindicaf), Jorge André Macedo da Silva, as condições de trabalho estão muito aquém das ideais.

– A falta de Estrutura vem desde o começo. O nosso comandante Adson Lopes e o [ex] secretário [de Segurança Pública] Jorge Marge não mediram esforços para conseguir a estrutura necessária para nós desempenharmos o papel nessas barreiras. Era pra ser sanitária, mas nunca teve um profissional de Saúde presente. Tornou-se barreira de controle de acesso. Foi pedido várias vezes ao Executivo tendas, banheiros químicos, máscaras e o aparelho que mede temperatura. Até o momento nada. Agora perdemos um guerreiro. Um grande homem e um excelente profissional – lamenta.

Como forma de homenagear o companheiro vitimado pelo novo coronavírus, sepultado nesta sexta-feira (12), os agentes fizeram um cortejo pelas ruas da cidade. Por conta disso, em dado momento, foi desfeita a barreira que fica montada na Avenida Wilson Mendes, em frente ao Dormitório das Garças.

Segundo Macedo, os problemas se estendem para o trabalho cotidiano da Guarda. Segundo ele, faltam veículos para ronda e a maior parte da estrutura disponível foi doada por empresários. A perda do colega de farda vai aumentar a cobrança por melhorias. A pasta da Segurança Pública acaba de ser assumida por Leandro Carvalho, que entrou no lugar de Jorge Marge.

– Já foi enviada uma nova relação de EPI's ao Chefe do Executivo através do Coronel Leandro. Estamos aguardando um posicionamento do novo secretário em relação à isso. Se não tivermos, bateremos na porta do prefeito. Pois não podemos ficar a mercê da fé, pois já levou um de nós – finalizou o sindicalista.

Ezaquiel foi o terceiro servidor municipal de Cabo Frio que morre em menos de uma semana. Na sexta-feira (5), a funcionária da Saúde Lucia Maria da Conceição, de 63 anos, que não foi afastada pela Prefeitura, mesmo em condições de risco. Nesta terça (9), foi a vez do professor de Educação Física Marcelo Leal.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.