Assine Já
sábado, 23 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21896 Óbitos: 720
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
PROJETO BIKE ORLA

Guarda Municipal passa a fazer rondas de bicicleta pelo Peró a partir desta quinta

Cabine da Polícia Militar na Praça do Moinho também será reativada para reforçar segurança no bairro

30 setembro 2020 - 17h19Por Paulo Roberto Araújo (colaboração)

A zona turística do Peró, em Cabo Frio, recebe um novo esquema de segurança a partir desta quinta-feira (1). O programa Bike Orla começa com dois agentes da Guarda Municipal que farão rondas permanentes na orla do Peró, no trecho do Projeto Bandeira Azul, e nas ruas próximas, onde fica a rede hoteleira. A cabine da Praça do Moinho será reativada e policiamento será reforçado com dois agentes que usarão motocicletas, além do efetivo das Rondas Ostensivas Municipais (Romu), em cooperação com a Polícia Militar e Polícia Civil.

Um carro da Guarda Municipal fará rondas no Peró durante 24 horas, baseada no posto da Praça do Moinho, que também será usada como base da Romu e das guarnições da PM. Os agentes vão reprimir infrações de trânsito e outras ocorrências. A Romu é um grupo especializado em ações táticas, preparado para agir em conflitos e em situações mais graves na área de segurança em cooperação com a PM. A Romu também fará rondas na Praia das Conchas e na Ilha do Japonês.

– Os agentes farão policiamento preventivo na orla, podem multa veículos mal estacionados e providenciar reboques para carros que estejam parados em frente a garagens. Problemas de trânsito, nos fins de semana e feriados, lideram as reclamações dos moradores do Peró – disse o coordenador da Guarda Municipal, Jean Carlos.

Os agentes do Bike Orla terão atenção especial para a orla do Peró, onde é proibido o tráfego de veículos, exceto de moradores ou para abastecimento de quiosques em horários determinados pelo Projeto Bandeira Azul. Os agentes poderão ser acionados através do telefone 153.

– Esta é uma reivindicação antiga de moradores, veranistas e turistas do Peró, que vem recebendo muitos turistas, inclusive de outros países. A segurança, inclusive, é um dos requisitos para que Cabo Frio mantenha por muitos anos a Bandeira Azul do Peró – disse a presidente do Conselho Comunitário de Segurança e da Associação Comercial de Cabo Frio, Patrícia Cardinot.


 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.