Assine Já
sexta, 10 de julho de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 320 Confirmados: 3310 Óbitos: 194
Suspeitos: 320 Confirmados: 3310 Óbitos: 194
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 9 83 11
Cabo Frio X 1016 62
Iguaba Grande 13 218 20
São Pedro da Aldeia 1 528 19
Saquarema 23 541 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
TST

Greve termina e funcionários dos Correios voltam a trabalhar no Rio de Janeiro

Em assembleia, profissionais aceitaram a proposta do TST

30 setembro 2015 - 15h47

A proposta apresentada pelo TST (Tribunal Superior do Trabalho) foi aceita pelos funcionários dos Correios e decretou o fim da greve, nesta terça-feira (29). Segundo a companhia, 20 das 36 bases sindicais que fazem parte do movimento dos trabalhadores aceitaram a proposta.

    

A proposta prevê o aumento linear do salário em R$ 150 retroativo a agosto de 2015 e R$ 50 a partir de janeiro de 2016. A proposta ainda prevê que o plano de saúde dos funcionários não poderá sofrer alterações sem acordo prévio. O benefício de vale-alimentação também vai sofrer um ajuste de 9,56%.

Dias parados não vão ser descontados – A recomendação feita pelo TST é de que a paralisação terminasse às 00h desta terça-feira (29). Se essa orientação fosse seguida, não haveria descontos dos dias parados. No entanto, em caso de rejeição, a permanência de pelo menos 80% dos funcionários foi determinada. Se esta ordem não fosse cumprida haveria multa de R$ 100 mil para o sindicato que desrespeitar o percentual mínimo exigido