Assine Já
quarta, 20 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
Pandemia

Governo do Rio diz que municípios devem avaliar reabertura

Decreto serve como orientação e não imposição, disse secretário

07 junho 2020 - 17h15Por Redação

Depois de autorizar a abertura de shoppings, restaurantes e pontos turísticos em decreto publicado na noite de sexta-feira (5), o governo do Rio de Janeiro explicou que caberá aos municípios avaliar a realidade local e determinar a retomada das atividades em cada setor.

Em vídeos divulgados na noite deste sábado (6), o secretário de Governo, Comunicação e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues, e o governador Wilson Witzel defenderam as medidas. Segundo o secretário, o decreto serve como orientação aos municípios.

"É um decreto que não deve ser encarado como imposição aos prefeitos, e sim como orientação. Cada prefeito, de acordo com a sua realidade local, deve, de forma gradual, reabrir a economia. O importante para isso é que as pessoas tenham em mente o isolamento social e o uso contínuo da máscara".

Witzel disse que o isolamento social adotado no Rio de Janeiro desde a segunda quinzena de março salvou mais de 40 mil vidas, e afirmou que a flexibilização dele será avaliada 24 horas por dia.

"Agora é o momento de analisar o que já aprendemos para flexibilizar essas medidas de restrição à circulação", disse o governador.

O estado do Rio de Janeiro ainda registra patamar elevado de casos e mortes por covid-19 todos os dias. No balanço divulgado ontem, o estado chegou a 6.639 mortos e 64.533 casos, sendo a maior parte deles no município do Rio, que soma 35.703 casos e 4.401 casos.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.