Assine Já
sábado, 31 de julho de 2021
Região dos Lagos
18ºmax
12ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46181 Óbitos: 1868
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5463 57
Arraial do Cabo 1574 87
Cabo Frio 12663 757
Iguaba Grande 4763 115
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
SUPERA RIO

Governo do Estado lança programa de auxílio emergencial

Na primeira etapa, 42.569 famílias recebem neste sábado (5), o valor de R$ 200, mais R$ 50 por filho, limitado a dois menores

03 junho 2021 - 12h45Por Redação

O Governo do Estado do Rio de Janeiro lançou, nesta quarta-feira (2), o SuperaRJ, programa que vai beneficiar mais de 355 mil famílias, cerca de 1,4 milhão de pessoas que vivem na pobreza e extrema pobreza e que perderam os empregos durante a pandemia da Covid-19. Nessa primeira etapa, 42.569 famílias já começam a receber, no próximo sábado (5), o auxílio emergencial de R$ 200, com acréscimo de R$ 50 para cada filho, limitado a dois menores. O lançamento aconteceu na quadra da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro, na Tijuca, Zona Norte do Rio.  

Nos primeiros dias, as entregas dos cartões para pessoas beneficiadas da Região Metropolitana serão realizadas nas quadras das escolas de samba dos grupos Especial e de Acesso. Nesses locais, haverá serviços à disposição da população, como emissão de documentos e atendimento para micro e pequenos empresários. No interior, os cartões começam a ser entregues no dia 8 de junho. A previsão inicial de investimentos é de mais de R$ 86 milhões por mês. A partir do dia 25, o governo inicia o pagamento de cerca de 315 mil desempregados, investindo mais de R$ 77 milhões por mês. 

Os beneficiados já podem realizar seus cadastros no site www.superarj.rj.gov.br, que foi desenvolvido pelo Proderj, para receber, por mensagem de celular, as datas e os locais para a retirada dos cartões. O governo também lançou um Call Center para que os contemplados possam tirar dúvidas 0800 071 7474.

– O enfrentamento à pobreza é a principal meta do SuperaRJ. Nós queremos ver a população atendida. É necessário olhar para os pobres, para aqueles que não têm suas necessidades básicas supridas. O isolamento e o desemprego trouxeram essa situação de forma mais crítica e tenho certeza que esse auxílio vai mudar a realidade das pessoas - destacou o governador Cláudio Castro. 

O Governo do Estado está realizando capacitações para que os servidores atendam aos beneficiados em todos os postos de distribuição espalhados pelos municípios fluminenses. Estão envolvidas nas classificações as secretarias de Trabalho e Renda, Educação e Desenvolvimento Social, além do Detran e da Faetec. São mais de 2 mil pessoas envolvidas na operação, com o apoio de 810 componentes de escolas de samba.

Quem pode receber o auxílio

 - Inscritos no Cadastro Único de Pessoas Sociais (CadÚnico), nas faixas de pobreza ou extrema pobreza 
- Pessoas com renda familiar per capita igual ou inferior a R$ 178
- Morador do Estado do Rio de Janeiro
- Maior de 18 anos, exceto no caso de mães adolescentes
- Cidadãos com o CPF regularizado
- Quem perdeu o emprego formal com salário de até R$ 1.501, a partir de 13 de março de 2020, sem fonte de renda

Quem NÃO pode receber

- Beneficiários do Bolsa Família ou de qualquer auxílio emergencial federal ou municipal
- Quem recebe benefícios previdenciários, assistenciais ou trabalhistas, como pensão, aposentadoria e seguro-desemprego
- Pessoas com renda, no ano de 2020, igual ou superior a R$ 28.559, 70

Quem pode solicitar financiamento

-  Micro e pequenas empresas
- Cooperativas e associações de pequenos produtores
- Microempreendedor individual
- Agricultores familiares
- Profissionais autônomos, inclusive agentes e produtores culturais
- Empreendimentos da economia popular solidária
- Costureiras, cabeleireiros, manicures, esteticistas, maquiadores, artistas plásticos, sapateiros, cozinheiros, massagistas, empreendedores sociais, empreendedores que atuam em comunidades e negócios de impacto social.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.