Assine Já
sábado, 08 de maio de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
20ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 37344 Óbitos: 1418
Confirmados Óbitos
Araruama 9540 293
Armação dos Búzios 4603 57
Arraial do Cabo 1313 69
Cabo Frio 9865 521
Iguaba Grande 3733 92
São Pedro da Aldeia 5088 214
Saquarema 3202 172
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Governo do Estado do Rio alerta municípios sobre falta de vacinas

Comunicado pede que secretarias de Saúde otimizem uso

13 fevereiro 2019 - 12h53
Governo do Estado do Rio alerta municípios sobre falta de vacinas

Em nota emitida aos 92 municípios do RJ, o Governo do Estado informa sobre a falta de vacinas, e solicita aos secretários municipais de Saúde que avaliem e otimizem seus estoques.

Em Búzios, a única vacina a apresentar problemas de estoque é a vacina contra a Poliomielite. De acordo com a Secretaria de Saúde, nestes casos a orientação do Estado é fazer um cadastro de não atendidos para busca ativa e posterior retorno à unidade de Saúde, quando novas remessas forem entregues. Não é possível comprar a vacina. A produção é controlada pelo Governo Federal, que produz e distribui a todos os Estados.

A seguir reproduzimos a nota emitida pela Secretaria de Estado de Saúde - Governo do Estado RJ.

“Devido a mudança da estrutura de almoxarifado da Central Nacional de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (CENADI) do Ministério da Saúde, que ficava situada no Estado do Rio de Janeiro (ROCHA e Pavuna) para o Estado de São Paulo, e a necessidade de adequações da movimentação de imunobiológicos nos novos sistemas que serão utilizados pela VTCLOG, empresa terceirizada responsável pela logística da CENADI, estamos tendo atrasos na entrega dos imunobiológicos de rotina para distribuição a partir dos municípios programados na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) desde a terceira semana de janeiro (metropolitanas) e para as duas primeiras semanas de distribuição de fevereiro (demais regiões).

Estamos aguardando a resolução de problemas pela Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI) e a área técnica responsável pela CENADI para que os imunobiológicos sejam entregues no Estado e possamos realizar a distribuição aos municípios que tiveram problemas nas liberações. A CGPNI está nesse momento em reunião com as áreas envolvidas para a tomada de providências.

Portanto, pedimos a todos os 92 municípios que avaliem seus estoques municipais e otimizem ao máximo suas liberações e orientem a população de forma correta, em caso de ausência de algum imunobiológico, fazendo cadastro de não atendidos para busca ativa e posterior retorno a unidade após o restabelecimento do mesmo. Utilizem seus agentes comunitários e outros recursos disponíveis se necessários, com apoio do PSF e AB.”