Assine Já
sexta, 05 de março de 2021
Região dos Lagos
31ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 27159 Óbitos: 934
Confirmados Óbitos
Araruama 6957 183
Armação dos Búzios 3253 32
Arraial do Cabo 865 38
Cabo Frio 7495 359
Iguaba Grande 2563 58
São Pedro da Aldeia 3575 130
Saquarema 2451 134
Últimas notícias sobre a COVID-19
proposta

Governo apresenta proposta para servidores da Educação

Parcelamento dos salários atrasados será votado na assembleia da categoria

06 janeiro 2017 - 13h25Por Redação I foto: Divulgação Sepe Lagos
Governo apresenta proposta para servidores da Educação

A Prefeitura de Cabo Frio apresentou na manhã desta sexta-feira (6) uma proposta de pagamento dos salários atrasados dos servidores da Educação. Participaram da reunião, que durou quase três horas, representantes do sindicato da categoria (Sepe Lagos), a secretária da pasta, Laura Barreto e o secretário de Fazenda, Clésio Guimarães. 

O governo propõe pagar até o fim de janeiro os meses de outubro e novembro do ano passado e janeiro de 2017; até o fim de fevereiro, fevereiro deste ano e dezembro de 2016; em março, o mês corrente e 50% do 13º salário de 2016 e, em abril, o mês corrente e os 50% restantes do 13º de 2016.

A proposta será oficializada na Justiça, de modo a suspender os bloqueios nas contas da Prefeitura. A diretora de imprensa do Sepe, Denise Teixeira, considerou 'boa' a proposta apresentada pelo governo.

– A gente sabe que o caixa da Prefeitura foi encontrado quase zerado. Ele abriu a conta, mostrou que só entraram R$ 2 milhões até hoje e que tem R$ 6 milhões bloqueados do Fundeb por causa do arresto. Então pela perspectiva de arrecadação é o que dá pra fazer – diz Denise.

A proposta do governo será colocada em votação durante assembleia da categoria, marcada para esta sexta (6), às 18 h, no colégio municipal Edilson Duarte, no Jardim Caiçara. Uma nova reunião está agendada para 8 de março para definir o pagamento dos outros benefícios.