Assine Já
quinta, 26 de novembro de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 11737 Óbitos: 538
Confirmados Óbitos
Araruama 2347 117
Armação dos Búzios 1060 16
Arraial do Cabo 364 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1069 40
São Pedro da Aldeia 1801 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
golpe

Golpe do aluguel cresce na região na alta temporada

Verão faz aumentar falsa oferta de casas para turistas

26 janeiro 2017 - 07h55Por Gabriel Tinoco I foto: Arquivo Folha
Golpe do aluguel cresce na região na alta temporada

 A temporada dos golpes está com tudo na região. Uma profes­sora de Cabo Frio, que preferiu não se identificar, foi uma das vítimas nas últimas semanas. Segundo ela, turistas bateram em sua porta dizendo ter aluga­do um imóvel naquele endereço para férias. No entanto, nem a casa correspondia à do anúncio, nem a professora tinha disponi­bilizado nada para aluguel.

A professora conta que o pri­meiro caso aconteceu no dia 13 deste mês, quando uma mulher pediu para olhar a casa para o Carnaval. O marido da profes­sora explicou que o negócio não existia. Por sorte, a mulher ainda não tinha pago o aluguel. Uma semana depois, foi a vez de uma família aparecer para verificar o imóvel que havia sido alugado: eles depositaram R$ 1.700.

– No dia 21, meu marido aten­deu duas famílias que tinham pago R$ 2 mil pelo aluguel. Membros das duas famílias dis­seram que iriam na delegacia. Quem alugou só aceitava trans­ferência bancária, não aceitava cartão – conta a vítima.

Segundo ela, a casa exposta na foto do anúncio tem dois anda­res, seis quartos, quatro banhei­ros, salão de jogos e uma piscina enorme. No dia 23, outra família, que também não havia pago ain­da, procurou a residência.

– Tentei entrar na OLX para denunciar, mas acho que já ti­raram o anúncio. Botei o nome da rua, o número da casa, mas de nada adiantou. Estou com medo dos acontecimentos no Carnaval. Vamos viajar [ela e o marido]. Imagina quantas pesso­as poderão aparecer. Estou com medo das pessoas até pularem o muro e invadirem a casa – diz.

Ela conta que tentou registrar ocorrência, mas, como não hou­ve lesão a ela, foi impedida.

Prevenção – O delegado do Conselho Regional dos Correto­res de Imóveis (Creci) de Cabo Frio, Jorge Murillo, recomenda aos locatários não alugarem um imóvel que nunca viram.

– Não alugue imóvel sem ver. Tem o caso de uma amiga. Li­garam para a casa dela pergun­tando se estava alugando. Um homem botou a foto de uma casa que não era a dela na OLX. Mas, por sorte, a cliente buscou a lista telefônica e ligou para a dona da casa. Depois que des­cobrimos, liguei para o golpista e pedi para que me mostrasse a casa. Não quis. Disse que mo­rava em Angra dos Reis. Esse exemplo serve de lição para que não aluguem casa só vendo pela internet – comenta.