Assine Já
sexta, 30 de julho de 2021
Região dos Lagos
18ºmax
10ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46181 Óbitos: 1868
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5463 57
Arraial do Cabo 1574 87
Cabo Frio 12663 757
Iguaba Grande 4763 115
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
Folha diária

Folha diária: 20 anos de luta e compromisso

Autoridades destacam o papel do jornal nas últimas duas décadas 

08 julho 2019 - 14h16Por Tomás Baggio

Há 20 anos, diariamente, a rotina se repete. Reunião de pauta, apuração, produção de reportagens, diagramação, envio do material para a gráfica, impressão e distribuição. Mas sempre de um jeito diferente. Afinal, quem trabalha com a notícia precisa se adaptar ao que está acontecendo. E, neste caso, um dia é sempre diferente do outro.

São duas décadas em que a Folha dos Lagos pode se orgulhar de estar todos os dias nas bancas– antes começou como quinzenal e evoluiu para semanal. Quem costuma estar nas páginas do jornal, ou seja, aqueles que são notícia, destacam a importância da imprensa forte e independente, e celebram junto com o jornal a estabilidade e a longevidade do veículo de comunicação que, aos 29 anos no total, já é o que está há mais tempo em circulação ininterrupta na história de Cabo Frio.

O prefeito de Cabo Frio, Adriano Moreno, destaca a pluralidade de ideias encontrada nas páginas do jornal.

– A imprensa local cumpre o importante papel de levar aos cidadãos os fatos de interesse público e a pluralidade de ideias, ajudando a construir uma sociedade mais crítica e participativa. Acreditamos que o jornal estimula o debate e o desenvolvimento de nossa cidade – afirma Adriano.

O comércio local também encontra eco de suas demandas no noticiário da Folha. Por isso mesmo, a presidente da Associação Comercial, Industrial e Turística, Patrícia Cardinot, destaca que o jornal mantém a qualidade do trabalho mesmo em tempos de turbulência econômica.

– A história da Folha dos Lagos é belíssima. São anos de conquistas e aprendizados. Ser um jornal diário e manter a qualidade, em um período tão difícil, é um grande desafio.

Sou leitora e grande fã do jornal e de toda a sua equipe. Com certeza a Folha é um marco na região e na história da imprensa cabofriense. Sinto orgulho de fazer parte dessa história – ressalta Cardinot.

Se comerciantes e moradores podem se ver na cobertura jornalística diária, o presidente da Associação de Hotéis, Carlos Cunha, destaca também a importância do jornal para o turismo da cidade. Afinal, divulgar as belezas e os eventos da região também são missões da imprensa.

– Com o dinamismo dos acontecimentos, é imprescindível termos a notícia de forma rápida. O turismo é uma atividade que depende de divulgação e a Folha está de parabéns por ser o único jornal a enfrentar o desafio de ser diário em Cabo Frio e na região. Credibilidade, agilidade e competência são sinônimos do sucesso – considera ele.

Para grandes empresas, como a Prolagos, concessionária de distribuição de água e tratamento de esgoto que atua na região desde 1998, ter um jornal atuante é imprescindível para conhecer as necessidades da população e ter um meio confiável de divulgar providências e investimentos. O diretor presidente da empresa, Sérgio Braga, lembra que a imprensa é o meio mais confiável de se obter informações em tempos de proliferação de notícias falsas.

– Uma sociedade forte é feita com imprensa livre e atuante. Em um momento em que a fabricação de fatos, as ‘fake news’, se alastram nas redes sociais, o jornalismo se faz mais importante do que nunca. Parabéns aos profissionais da Folha dos Lagos que diariamente se dedicam a levar informação de qualidade aos moradores da Região dos Lagos – lembrou Braga.

O jornal também traz memórias afetivas para muitos de seus leitores. É o caso do deputado estadual Serginho, que lembra do pioneirismo da Folha também na internet, por onde acompanhava as notícias de Cabo Frio no período em que ainda era estudante universitário no Rio de Janeiro.

– Lembro-me bem que, desde o início de minha jornada na faculdade de Direito, na capital do Estado, acompanhava o cotidiano da Região dos Lagos e Cabo Frio através da Folha dos Lagos. Naquele período, já em vanguarda jornalística, a Folha disponibilizava seu conteúdo na rede mundial de computadores. A autonomia do veículo, ainda que nos desagrade em determinado tema, segue o fluxo de fortalecimento democrático. A Folha dos Lagos exerce com excelência esse papel até hoje – considera o parlamentar.

Para o presidente da 20ª Subseção da OAB Cabo Frio, Kelvin Lima, a credibilidade do jornal faz a crucial diferença em épocas como a de agora, com grande incidência de fake news.

– Eu vejo o jornal, seja ele impresso, seja ele hoje virtual, uma ferramenta muito importante de informação para a sociedade. O jornal sempre traz uma credibilidade, onde as notícias não são aquelas de pé de ouvido, de telefone sem fio, que um passa para o outro. São noticias realmente investigadas, onde o repórter vai atrás da notícia, vai atrás da fonte daquele caso, para que possa passar uma notícia concreta para a sociedade. Hoje, no tempo de fake news, nós, cidadãos, propagamos muitas notícias falsas, muitas notícias que podem, inclusive, devastar vidas, quando acusam uma certa pessoa de abuso sexual por exemplo, ou de uma corrupção, e quando você tem uma fonte mais segura isso ajuda muito na confiabilidade daquela fonte. E, estando o jornal há 20 anos como diário, apenas demonstra  a força, a credibilidade e principalmente o comprometimento da Folha dos Lagos com a notícia verdadeira, com aquela notícia embasada em documentos, em depoimentos, como toda notícia deve ser. 

Para Kelvin, mais que um veículo de notícias, o jornal é o documento de uma sociedade.

– A OAB Cabo Frio é assinante e fizemos questão de manter. Inclusive algumas notícias veiculadas na Folha dos Lagos são encartadas em procedimentos administrativos, como por exemplo, os problemas que ocorreram no Hospital da Mulher. Quatro ou cinco matérias que estão encartadas que embasam e servem como provas no nosso procedimento – finalizou o presidente 
Kelvin Lima.