Assine Já
segunda, 06 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 256 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 465 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
réveillon

Festa de réveillon e queima de fogos repercute mal em Cabo Frio

Nas ruas e na internet, sobram críticas à intenção da prefeitura de organizar o evento

29 novembro 2015 - 12h53Por Rodrigo Branco
Festa de réveillon e queima de fogos repercute mal em Cabo Frio

Não foi bem vista pelo cabofriense a intenção da prefeitura de promover a tradicional queima de fogos do réveillon da cidade para celebrar a passagem de um ano onde as queixas de falta de recursos nos cofres foi a tônica na maior parte do tempo. Pelo menos entre os entrevistados nas ruas da cidade e os leitores que se manifestaram na página da Folha dos Lagos no Facebook. Nem a alegação de que seriam buscadas parcerias com empresas privadas para financiar a festa convenceu aqueles que acham que, em tempos de grana curta, as prioridades devem ser outras.

Para o eletricista Guilherme Santos, 50, por exemplo, esse é o tipo de gasto que ‘deveria ser evitado’.
– Entendo que todas as cidades estão sentindo a crise de jeitos diferentes, mas Cabo Frio está deixando de pagar todo mundo. De onde vai sair o dinheiro pra isso?

A estudante Jaqueline Costa, 20, concorda.

– Acho que tem que ter prioridade e fogos com certeza não é. Cabo Frio é uma cidade turística, mas é preciso voltar os olhos principalmente para as necessidades dos moradores – alega.

Já Joana Monteiro, 21, apesar de admitir os problemas da cidade, diz que seria ruim passar a virada do ano ‘em branco’.

– Eu não concordo, mas também não acho que a cidade possa passar o fim de ano sem nenhuma comemoração, né? O prefeito poderia pelo menos dar alguma satisfação para a população. Se tem dinheiro para os fogos também deve ter pra pagar parte das dívidas – argumenta.

Nas redes sociais, o grau de compreensão foi menor.

– Que absurdo! Sem comentários! Festa de final de ano não vai esconder o que está acontecendo na cidade – postou a inernauta Renata Teles.

À Folha, o secretário de Comunicação Edinho Ferrô confirmou que a prefeitura procura parceiros para bancar as comemorações, pois, segundo ele, o município não tem recursos para promover a festa. Por outro lado, apesar de não ter qualquer garantia de que surjam patrocinadores, ele afirmou que não há ‘chance da queima de fogos não acontecer’.

Leia também:

Prefeitura de Cabo Frio realiza planejamento para queima de fogos