Assine Já
sexta, 25 de setembro de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8032 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1614 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 241 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 671 36
São Pedro da Aldeia 1309 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Evento

Festa da Folha dos Lagos de fim de ano, ‘Xô’ traz boa música ao Tamoyo

Maestro da banda Cry Babies promete hits animados para evento

26 novembro 2015 - 10h09

Para dar boas vindas a 2016 que está chegando, a Folha dos Lagos organiza a mais tradicio­nal festa de fim de ano da Re­gião dos Lagos com muita boa música. A ‘Xô, Ano Velho – A Festa da Paz’ será no Tamoyo, quarta-feira que ven, a partir das 21h. O evento contará com show da banda Cry Babies, que promete animar a noite no salão nobre do clube mais tradicional da cidade.

De acordo com o maestro da banda, Nelson Marreli, as bala­das ditarão o ritmo da festa para animar a todos os convidados.

– Será um show bem para frente. Não vai ter bolero (ri­sos). O repertório será baseado desde o forró, passando pelo samba, marchinhas e os velhos hits dos anos 1960 e 1970, como Bee Gees, Beatles, Jovem Guar­da, Santana. Esperamos agradar muito. Fizemos o show por di­versas vezes, tanto que essa é a décima apresentação. Antiga­mente, ainda colocávamos uma música lenta, mas eu senti que é um baile que precisa começar relativamente quente – conta.

A camisa pode ser comprada na sede do jornal, na Rua Nos­sa Senhora Aparecida, no Jar­dim São Francisco. Elas cus­tam R$ 65 (assinantes) e R$ 80 para os outros leitores. A Xô tem o apoio de Patricia Cardi­not Imóveis, Prolagos, Bracom, Box, Casa do Pedreiro, Cons­trutora Geribá, Restaurante do Zé, Mega Brasil Distribuidora, Medscam Lagos, Minha Co­zinha Gourmet, Australásia Construções, Restaurante da Ponte, Tamoyo Esporte Clube, Yázigi, Arte In Ouro, Ballet Márcia Sampaio, Palácio das Divisórias e Onkosol.

A customização das camisas pode ser feita, mas sem prejízo das marcas impressas. A coor­denação do evento pede ain­da que o convidado leve pelo menos um quilo de alimento não perecível, como parte da campanha ‘Natal Igual, Natal de Todos’. Esta campanha, do projeto ‘Solidariedade Não Tira Férias’, vai se estender até vés­peras do Natal, como acontece todos os anos.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quinta-feira (26)