Assine Já
quarta, 27 de outubro de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
CABO FRIO

Feriadão vai servir de ensaio para alta temporada

Folga prolongada em Cabo Frio terá ocupação de quase 100% das vagas e olhar atento para os problemas

12 novembro 2019 - 19h57Por Rodrigo Branco
Feriadão vai servir de ensaio para alta temporada

Cabo Frio completa hoje 404 anos de fundação com expectativa de ocupação de quase 100% na rede hoteleira para os próximos dias. Com a cidade lotada, a prefeitura encara o feriado prolongado, que engloba ainda o Dia da Proclamação da República, depois de amanhã; como uma espécie de ‘último grande ensaio’ para a alta temporada, que começa daqui a cerca de 40 dias. Pontos como estacionamento, infraestrutura urbana, trânsito e fiscalização nas praias serão observados com atenção para que os problemas sejam corrigidos, ao menos em parte, antes do verão chegar.

Antes que a primavera se despeça, contudo, ainda há uma série de questões que o governo municipal tem que resolver, como a superlotação de ambulantes e barracas na Praia do Forte e a melhoria das condições precárias das ruas e estradas. Para o secretário de Desenvolvimento da Cidade, Felipe Araújo, o feriadão será uma ‘prova de fogo’ que vai ajudar a fechar o planejamento para o período mais movimentado do ano no município.

Observaremos o uso da praia que teve a sua faixa de areia reduzida, as questões de mobilidade de uma maneira geral entre outros fatores. Essa observação é imprescindível para o aperfeiçoamento continuado e criativo da forma de conduzir a cidade nesses momentos de pico. Com esse teste poderemos dimensionar também a quantidade de contratos temporários para o período entre dezembro e março no suporte às diversas atividades públicas de serviço da cidade – disse Felipe.

Depois de um ano de celebrações modestas, a prefeitura anunciou a volta de shows na Praia do Forte e de uma extensa programação para marcar o aniversário da cidade. A grande concentração de pessoas em um único local e a expressiva circulação de visitantes em outros pontos turísticos levou a Secretaria de Segurança Pública a reforçar o contingente nos próximos dias.

No entanto, não fazem parte do esquema de segurança os 41 novos guardas municipais que acabaram de se apresentar. Estes vão passar por uma capacitação básica para entrar em ação, a partir da segunda quinzena de dezembro e, após o verão, concluirão o restante do curso. Para a alta temporada, o secretário Jorge Marge já pediu o reforço de 350 agentes em toda a secretaria, incluindo a parte de segurança e de posturas. A decisão pela contratação desse efetivo ou de parte dele está nas mãos do prefeito Adriano Moreno (DEM), por conta da questão orçamentária. Na opinião do secretário, o feriado prolongado vai dar uma boa noção sobre as necessidades do município nesta área.

– É sempre bom vir um feriado de expressão para ver as brechas e os erros para consertar, mas um feriado desses está longe de ser uma virada de ano, até porque meu efetivo ainda é o normal e, no verão, o efetivo será bem maior para abranger todas essas pessoas que vêm para nossa cidade – destacou Marge.

Além da programação de shows, o secretário de Turismo Paulo Cotias avisa que o receptivo histórico vai atuar durante o feriadão pelos projetos Caminhos da História e de turismo cívico. Outro ponto destacado pelo secretário é o hasteamento da Bandeira Azul, que acontece hoje na Praia do Peró. Ele também reconhece que o período do feriadão será fundamental para a cidade se preparar para o verão, mas avisa que o planejamento já está em curso há algum tempo.

– Para nós é uma prévia, sim, do verão que está se desenhando. Para isso, colocamos para rodar e, vínhamos fazendo isso, todo um processo de manutenção preventiva e acompanhamento dos Territórios Turísticos, o estado de conservação dos patrimônios e dos equipamentos, procurando atender dentro da medida do possível das nossas possibilidades orçamentárias e dos que participam com a gente do processo de governança de colocar as áreas dos territórios aptas a receber essa carga de visitantes. Também já estamos preparados em regime de plantão para monitoramento de todas elas, o que para nós também vai ser importante em termos de diagnóstico para os ajustes necessários na alta temporada dentro do nosso plano de manejo – comentou Cotias.

Em Arraial, previsão é de 150 mil turistas

As estimativas de público são otimistas também em Arraial do Cabo. Segundo o secretário de Turismo, Olavo Carvalho, o município deve receber até o próximo domingo um contingente de 150 mil turistas, o que equivale a cerca de cinco vezes o tamanho da população local. O ocupação na rede hoteleira está em torno de 90%, segundo estimativas oficiais.

Para ajudar a entreter toda essa gente, o trunfo é o lançamento do Polo Gastronômico da Praia dos Anjos, que fica a poucos metros da marina de onde partem os passeios de barco. Na programação, shows de MPB, com bandas locais e o saxofonista do Kid Abelha, George Israel.

Para Olavo, a período vai servir para ajudar o planejamento que já está em curso para a alta temporada.

– A gente já vem fazendo esses ‘ensaios’ em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente, da Postura e da Guarda Municipal. Estamos procurando viabilizar as questões como trânsito, bolsão de estacionamento e preparando a nossa equipe para a demanda que vai aumentar a partir do dia 1º de dezembro – prevê Olavo.

A reportagem tentou falar com o secretário de Turismo de Búzios, Alexandre Verdade, mas não teve sucesso até o fechamento desta edição.

Hotelaria e comércio também apostam fichas no feriadão

Não apenas o poder público esfrega as mãos de ansiedade, mas o setor privado vislumbra uma melhoria no cenário econômico a partir da chegada dos turistas em Cabo Frio. A presidente da Associação Comercial, Industrial e Turística (Acia), Patrícia Cardinot, está otimista com o começo de uma guinada a partir deste feriado.

– A expectativa para o feriado sempre é positiva, embora o dia 13 seja um feriado apenas municipal. Mas por se tratar de um período prolongado, a gente tem uma perspectiva de um movimento na cidade. Então, a gente fica na torcida por um desenvolver maior do nosso comércio e por uma rotatividade maior de pessoas na cidade – espera a empresária.

Para o presidente da Associação de Hoteis, Carlos Cunha, o grande fluxo de visitantes na cidade será por se tratar do único feriado prolongado no segundo semestre deste ano. O empresário comentou que espera saber como a prefeitura vai dar resposta aos problemas com a cidade cheia.

– Todo final de semana estamos com uma boa movimentação de turistas e já estão servindo como teste. Mas é claro que o feriado vai ser aquele teste de fogo, onde tudo tem que funcionar porque é a última experiência que teremos coma cidade bem lotada para o verão. A prefeitura montou a comissão para tentar organizar a alta temporada, de forma tardia acredito eu, e até agora, a gente escutou muita promessa e vamos ver de concreto o que realmente muda – comentou.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.