Assine Já
domingo, 27 de setembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8076 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 483 10
Arraial do Cabo 242 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 671 36
São Pedro da Aldeia 1323 51
Saquarema 1177 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
oposição

Felipe Lopes: "Búzios vem sendo governada como uma cidade qualquer"

Vereador da oposição pretende governar o balneário com prioridade na Educação

29 setembro 2016 - 10h30Por Redação
Felipe Lopes: "Búzios vem sendo governada como uma cidade qualquer"

Pedra no sapato do atual prefeito na Câmara, o vereador Felipe Lopes (DEM) pretende ser governar a cidade com ên­fase na Educação. Ele também fez ques­tão de dizer que não tem mais qualquer ligação com o deputado cassado Eduardo Cunha, a quem apoiou em 2014.

Folha dos Lagos – Por que o senhor quer ser prefeito da cidade?

Felipe Lopes – Quero ser prefeito de Búzios para resgatar nas pessoas o orgulho de ser buziano. Búzios é uma cidade internacionalmente conhecida, mas infelizmente vem sendo governada como uma cidade qualquer. Precisamos governar nossa cidade como ela merece. Temos muitos desafios, mas com uma gestão séria e participativa vamos mudar a história da nossa cidade.

Folha – O senhor já fez parte da base de apoio na Câmara durante o governo Mirinho, que agora é seu adversário e está encrencado com a Justiça. Essa associação não é um desgaste para a sua campanha?

Felipe – Não, porque meu posicionamento na Câmara sempre foi muito claro. Tanto como base ou como oposição, sempre votei de acordo com os interesses da cidade. Se é algo importante para o desenvolvimento da cidade, eu sempre voto a favor, se é algo que eu não esteja de acordo, independente de quem for o prefeito, eu voto contra. Ou seja, independente da minha posição, sempre fui coerente com a vontade do povo que me elegeu.

Folha – Os adversários do senhor exploram sua proximidade com o deputado cassado Eduardo Cunha. Qual o grau de relação de vocês?

Felipe – Eu e mais 1.301 buzianos apoiamos o Cunha em 2014 quando não havia fato que desabonasse sua conduta. Tudo isso veio à tona somente no ano passado. Nas eleições, ele não tinha nada que o incriminasse. Diferente de alguns políticos da cidade que apoiaram deputados já com problemas jurídicos e, seguindo o exemplo, hoje querem concorrer às eleições municipais também com problemas na Justiça.

Folha – Quais os seus planos para a área de Educação?

Felipe – Educação sempre foi a minha bandeira mais importante, afinal sou professor e tenho um carinho especial por essa área. Infelizmente, nesses últimos anos, os professores não tiveram o reconhecimento devido. A educação na nossa gestão, terá um tratamento muito especial. Convido a todos a acessarem nosso plano de governo com todas as nossas propostas em www.felipelopesbuzios.com.br.

Folha – O que o senhor pretende fazer na Saúde?

Felipe – O médico André Granado, ganhou a eleição prometendo saúde de qualidade. Mentiu pra população. A pasta da Saúde hoje é a que tem a pior avaliação no gestão atual. Precisamos humanizar a Saúde e, entre outras propostas, precisamos com urgência criar convênios principalmente na área de UTI. Infelizmente muitos buzianos estão morrendo por falta de investimento nessa área.

Folha – Qual a sua estratégia para aquecer a Economia e gerar empregos?

Felipe – A primeira medida é ajustar a máquina pública. E com isso ter recursos para infraestrutura e assim preparamos a cidade para a maior indústria do mundo que é o turismo. O que não podemos é continuar recebendo os turistas do jeito que a cidade se encontra.

Folha – Como pretende incrementar o Turismo?

Felipe – Como eu disse, primeiro vamos arrumar a casa. Depois vamos investir no que Búzios tem de melhor: nosso meio ambiente. Nós temos essa joia que não é valorizada. Precisamos incentivar o Ecoturismo, o Turismo cultural. Búzios é riquíssima em cultura e precisamos mostrar nossa história pro mundo. Precisamos também incentivar o Turismo náutico, pois somos uma potência nessa área. Vamos ouvir os profissionais do Turismo na cidade e os demais cidadãos. Não iremos governar sozinhos, iremos governar juntamente com a população buziana. 

 

.