Assine Já
domingo, 20 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
febre amarela

Febre Amarela: Secretários de Saúde da Região dos Lagos se reúnem em Casimiro de Abreu

Secretário Estadual de Saúde monta força-tarefa para vacinar cidades da Região dos Lagos

16 março 2017 - 10h00Por Redação | Foto: Divulgação
Febre Amarela: Secretários de Saúde da Região dos Lagos se reúnem em Casimiro de Abreu

Os secretários de Saúde dos municípios da Região dos Lagos estão reunidos nesta manhã de quinta-feira (17) em Casimiro de Abreu com o secretário Estadual de Saúde, Luis Antônio de Souza Teixeira. O objetivo da reunião é traçar estratégias para a vacinação contra a febre amarela, que deve começar nesta sexta-feira (17).  A primeira morte da doença no Estado do Rio foi confirmada em Casimiro de Abreu. Watila Santos, de 38 anos, morreu no fim de semana.

Dentro da estratégia de vacinação, a Secretaria de Saúde vai montar um Hospital de Campanha em Casimiro para agilizar a vacinação da populção. O secretário Estadual fez um apelo para população de Casimiro de Abreu para que não frequentem áreas de mata, rios e cachoeiras e se mantenham dentro do perímetro urbano. 

Vacinação

As novas ações compreendem a antecipação da vacinação para 25 municípios estratégicos, nas regiões Norte, Noroeste, Serrana, dos Lagos e no entorno da reserva do Poço das Antas. São eles: Sumidouro, Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu, Rio Bonito, Silva Jardim, Rio das Ostras, Cabo Frio, Macaé, Bom Jardim, Duas Barras, Cordeiro, Macuco, Trajano de Moraes, Conceição de Macabu, Tanguá, Araruama e Casimiro de Abreu (que não estavam na área de vacinação de bloqueio nas divisas com MG e ES), além de Campos dos Goytacazes, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, São Fidélis, Cardoso Moreira, Carmo, Cantagalo e Sapucaia (que já estavam entre os 30 municípios com vacinação de bloqueio). A prioridade da campanha será imunizar a população residente ou que trabalha em áreas de mata e zonas rurais.

Para a primeira etapa da vacinação dos habitantes destes municípios, o Ministério da Saúde vai disponibilizar 1 milhão de doses de vacinas, que serão entregues nesta quinta-feira (16) para a SES, que fará a distribuição para os municípios. A estratégia foi alinhada durante reunião do secretário de Estado de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr., com o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Adeilson Cavalcante, e o diretor de Bio Manguinhos, Artur Roberto Couto, na manhã desta quarta-feira (15/3) na Fundação Oswaldo Cruz. Os demais municípios, incluindo a capital e a Região Metropolitana, integrarão as duas fases seguintes, com previsão de início até o fim do mês de março, mediante a liberação de novos lotes de doses a serem disponibilizados pelo MS para o RJ. A SES reforça que todo o Estado do Rio de Janeiro será contemplado, portanto, não há necessidade de deslocamento da população entre os municípios em busca da vacina. Toda a população do RJ, observando as contraindicações, será imunizada, de forma gradativa, até o fim deste ano.

MUNICÍPIOS DA REGIÃO ESTRATÉGICA
* Terão a data do início de vacinação antecipada:
- Araruama
- Bom Jardim
- Cabo Frio 
- Cachoeiras de Macacu 
- Casimiro de Abreu
- Conceição de Macabu
- Cordeiro 
- Duas Barras
- Macaé
- Macuco
- Nova Friburgo 
- Rio Bonito
- Rio das Ostras 
- Silva Jardim
- Sumidouro
- Tanguá
- Trajano de Moraes