Assine Já
segunda, 28 de setembro de 2020
Região dos Lagos
35ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8330 Óbitos: 430
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 491 10
Arraial do Cabo 252 15
Cabo Frio 2757 145
Iguaba Grande 684 36
São Pedro da Aldeia 1341 54
Saquarema 1180 68
Últimas notícias sobre a COVID-19
VAQUINHA ACADÊMICA

Família cabofriense tenta levantar recursos para jovem estudante ingressar em universidade portuguesa

Campanha de financiamento coletivo foi lançada após aprovação do aluno no Exame Nacional português

12 agosto 2020 - 19h20Por Redação

A família do cabofriense Davi Mendonça Cardoso, de 17 anos, promove um financiamento coletivo pela internet para pagar o primeiro ano do curso de graduação do jovem. Ele foi aprovado no Exame Nacional do Ensino Secundário português, equivalente ao Enem do Brasil. O estudante alcançou nota 18, bem próximo da máxima, que é 20. O resultado é o primeiro passo para ingressar nas universidades de Portugal no período letivo 2020/2021, que inicia em setembro. 

Davi mora em Portugal desde dezembro do ano passado em companhia da sua mãe, a jornalista Simone Mendonça, que foi cumprir o período de aulas presenciais em uma universidade portuguesa. Nesse período, o jovem frequentou o ensino secundário, prestou o Exame Nacional que dá acesso ao ensino superior e garantiu a aprovação, apesar do curto tempo de adaptação ao sistema de ensino do país. 

Ambos previam voltar ao Brasil logo após o fim do ano letivo. Porém, mãe e filho foram surpreendidos pela pandemia e, somado ao excelente resultado do adolescente, os planos foram alterados. Agora, os dois tentam alternativas para que o jovem possa cursar a universidade em Portugal. O único impedimento é que a família não possui recursos financeiros suficientes para custear o curso, cujo investimento é alto para alunos estrangeiros. Os valores são estabelecidos por ano pelas universidades e variam de 3 mil a 7 mil euros, dependendo da instituição. 

"Neste momento complicado que o mundo atravessa, penso que o melhor é permanecermos aqui. Ainda mais agora, com a possibilidade de o meu filho ingressar numa universidade local. Se ele tivesse nacionalidade portuguesa ou igualdade de direitos e deveres pelo Estatuto pagaria os mesmos valores aplicados aos cidadãos portugueses. Mas não temos esses benefícios", explica Simone. 

Segundo ela, as inúmeras bolsas de estudo oferecidas pelo governo, pelas universidades e outras instituições geralmente contemplam apenas alunos portugueses. Foi então que Simone pensou na possibilidade de promover um financiamento coletivo na tentativa de alcançar o valor referente ao primeiro ano do curso. Após a aprovação do pai, o professor José Vinícius Cardoso, a ideia foi colocada em prática.

Um sonho nas terras de Fernando Pessoa

Natural de Cabo Frio, Davi estudou os primeiros anos do Ensino Médio no Colégio Futuro e o Ensino Fundamental no Centro Educacional Alexis Novellino, sempre com bom desempenho. Também passou pelo Instituto Nossa Senhora da Glória, em Macaé, no período em que morou na cidade com a mãe. Além das escolas regulares, também estudou alguns anos no Yazigi de Cabo Frio, o que garantiu sólidos conhecimentos na língua inglesa.
 
"As instituições pelas quais o Davi passou o prepararam muito bem para os desafios e formaram uma base sólida de conhecimentos, que contribuiu significativamente para o sucesso do resultado obtido no exame português. Somos gratos a cada profissional que fez parte da sua formação e que até hoje torce por ele", agradece Simone.

Agora, após a importante conquista da nota para ingressar no curso superior e em paralelo à expectativa de conseguir angariar os recursos necessários, o jovem sonha, faz planos e cogita cursar Relações Internacionais ou Culturas. 

"O concurso permite que eu me candidate a seis cursos diferentes. Minhas opções são todas na área de Humanidades. Espero conseguir o financiamento para realizar meu sonho de continuar estudando aqui", conta, esperançoso, o jovem.

Quem quiser colaborar, é só acessar o link:
https://www.vakinha.com.br/vaquinha/avante-davi-rumo-a-universidade

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.