Assine Já
quinta, 05 de agosto de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
13ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46659 Óbitos: 1894
Confirmados Óbitos
Araruama 11510 362
Armação dos Búzios 5522 58
Arraial do Cabo 1591 88
Cabo Frio 12723 768
Iguaba Grande 4824 117
São Pedro da Aldeia 6240 275
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
PROBLEMÃO

Falta de médicos na rede municipal de Cabo Frio preocupa

Prefeitura abriu contratação para substituir profissionais, que saíram por falta de salários

15 janeiro 2021 - 11h40Por Julian Viana

A falta de médicos na rede municipal de Cabo Frio é problema herdado pela atual gestão cujos efeitos deletérios se agravam a cada dia.

 – A falta de médicos é muito preocupante. Muitos médicos não estão indo trabalhar porque o pagamento está atrasado há 3 meses. Alguns [médicos] acabam indo ao trabalho, mesmo sem receber, porque sentem pena da população – desabafa um profissional à Folha, sob condição de anonimato.

Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de Cabo Frio, Gelcimar Almeida, o Mazinho, este é o maior problema no momento. 

– A tenda da Covid precisou ser fechada pela falta dos profissionais, por exemplo – destacou. 

Devido aos atrasos, muitos foram os pedidos de demissão nos últimos anos. 

– Infelizmente, essa deficiência [falta de profissionais] continua na atual gestão, porque muitos médicos não querem trabalhar na Prefeitura de Cabo Frio por conta desse histórico triste e pelo salário que não é atraente. A questão do atraso nos salários ainda não foi resolvida. Não recebemos ainda mês de dezembro e o 13º, mas agora cabe ao governo justificar o que vai fazer – afirma Mazinho.

Em nota, a Prefeitura de Cabo Frio disse que “a nova gestão encontrou a rede municipal de Saúde com grande deficiência de profissionais, de estrutura e com falta de adequação às normas vigentes em vários segmentos.” 

A Prefeitura reconhece que a principal defasagem de profissionais se refere aos médicos que trabalham nas unidades de emergência, e que alguns deixaram seus postos de trabalho em virtude da falta de pagamento de salários pela gestão anterior.

Ainda de acordo com a Prefeitura, apenas os pensionistas foram os primeiros a receberem o salário de janeiro. A Prefeitura informa que aguarda a entrada de dinheiro no caixa para efetuar o pagamento dos demais grupos. 

Ainda de acordo com a nota, a secretaria Municipal de Saúde contratou quatro médicos para a triagem de casos suspeitos de covid-19 na estrutura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle. Os profissionais de saúde que tiverem interesse nas vagas disponíveis podem encaminhar currículo para o email [email protected] saude.cabofrio.rj.gov.br. 

Em um boletim atualizado nesta quinta-feira (14), a Prefeitura informou que o número de casos confirmados pelo novo coronavírus chegou a 5.663 no município, com 226 óbitos. A nota diz que 38% dos leitos de CTI e 31% dos leitos da enfermaria estão ocupados. 

Em relação ao EPIs(Equipamento de Proteção Individuais),  o Sindicato dos Servidores Publicos  Municipais de de Cabo Frio juntamente com o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde conseguiram liminar na justiça determinando quea Prefeitura forneça aos funcionarios os equipamentos de qualidade.
 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.