Assine Já
quarta, 25 de novembro de 2020
Região dos Lagos
26ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 11737 Óbitos: 538
Confirmados Óbitos
Araruama 2347 117
Armação dos Búzios 1060 16
Arraial do Cabo 364 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1069 40
São Pedro da Aldeia 1801 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
Folha dos Lagos

Explosão de alegria exorciza a crise com o grito de 'Xô'

Folha faz confraternização inesquecível

03 dezembro 2015 - 13h00

Uma noite para nunca ser esquecida. Assim foi ontem no Tamoyo Esporte Clube, em Cabo Frio, com a explosão de alegria da 'Xô, Ano Velho', a Festa da Paz', que reuniu cerca de 400 pessoas. Crise? Por cinco horas, ela foi exorcizada por inteiro com as boas vindas de espumantes da Salton e, em seguida, buffet e cerveja à rola. A Banda Cry Babies, como era esperado, deu o tom da festa e não deixou ningém parado no salão.

- Isso daqui é coisa de maluco-, comentava, a todo momento, o servidor público Gilson da Costa.

Segundo ele, 'ninguém consegue fazer algo pelo menos semelhante ao 'Xô'; o astral é de alegria generalizada', disse ele. Outro empolgado com a festa foi o empresário Robson Laje. 'Fiz de tudo para vir à festa, mas, na última hora, não teve jeito. Peguei a camisa e agora não me arrependo nem pouco', disse ele se divertindo com generosidade no salão do Tamoyo Esporte Clube.

E, este ano, quem deixou para comprar a camisa em cima da hora perdeu a festa. Por volta de meio dia de terça-feira (01)  as camisas-convite se esgotaram. Isso aconteceu porque, desta vez, muitas empresas resolveram reunir os colaboradores na 'Xô' para a confraternização de fim de ano. Foi o caso, por exemplo, de Luiz Cláudio, da Ortobom do Shopping Park Lagos.

- Nunca vi coisa igual, é festa para ninguém botar defeito - comentou ele, acrescentando euforicamente que, a partir de agora, 'não vou perder mais nenhuma festa da Folha.

 

                                                                              Confira a galeria de fotos da Xô