Assine Já
domingo, 05 de julho de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 256 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 465 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
roubos

Estudantes protestam contra onda de assaltos no IFF

Homens de motocicletas têm cometido roubos recentemente no Instituto Federal Fluminense

07 abril 2016 - 09h40
Estudantes protestam contra onda de assaltos no IFF

Com cartazes e gritando palavras de ordem, os estudantes protestaram (Foto: Rafaela Corrêa)

Um ato reuniu ontem dezenas de estudantes do Instituto Federal Fluminense (IFF) na RJ-104, a chamada Estrada de Búzios, para cobrar mais segurança em frente à unidade. Por volta das 16h, os alunos se reuniram na quadra munidos de cartazes e soltando gritos de ordem contra os recentes casos de violência no IFF. Também ocuparam a estrada, interditando-a parcialmente com queima de pneus.

A mãe de uma aluna do IFF, que preferiu não se identificar por medo de represálias, reclamou dos constantes assaltos de homens de motocicletas.

– Há muito assalto com caras de motos. Os alunos ficam com medo de ficar no ponto. Quando os ônibus chegam, eles atravessam a rua correndo e quase são atropelados. Minha filha nunca sofreu nenhum assalto, mas fico muito preocupada. Há policiamento somente pela manhã e a escola não pode fazer nada.

Os seguranças trabalham para o IFF. Os estudantes são reféns – comenta ela, assustada. Na semana passada, de uma só vez, vários estudantes foram assaltados no ponto de ônibus.

A Folha tentou entrar em contato com o comandante do 25º BPM, coronel Henrique de Oliveira, mas ele não atendeu as ligações.

A falta de iluminação pública é uma reclamação recorrente na unidade. A estrada escura favorece a ação de criminosos,embora eles atuem mais durante o dia. A demora para os ônibus passarem também foi alvo de protesto entre os estudantes. Mas a insegurança não é só ali, em frente à IFF. Em todo o percurso da estrada há reclamações de moradores contra a ação constante da bandidagem.