Assine Já
quinta, 24 de setembro de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
17ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8032 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1614 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 241 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 671 36
São Pedro da Aldeia 1309 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
pichação

Escultura de Brigitte Bardot é pichada 
 

Imagem será substituída por réplica 

05 novembro 2014 - 16h29Por Rosana Rodrigues|Fotos: Johnny Costa

Um dos monumentos mais visitados em Búzios amanheceu pichado na terça-feira (4). A imagem de Brigitte Bardot esculpida em bronze pela artista plástica Christina Motta, surpreendeu as pessoas que passavam pela orla também nesta quarta-feira (5), já que a escultura estava com marcações feitas em parte do corpo com tinta na cor vermelha. A ação de vândalos atingiu as costas, o peito e a mala, um dos acessórios da imagem. A prefeitura, por meio da assessoria de imprensa, informou que a Secretaria de Serviços Públicos iniciará nos próximos dias o trabalho de limpeza da imagem e que não foi registrado nenhum tipo de boletim de ocorrência na delegacia. A assessoria disse ainda que a ação deve ter ocorrido entre as 4h e 5h, pois a Guarda Municipal não realiza trabalho de segurança patrimonial durante 24 horas. No entanto, não garantiu se haverá a instalação de câmera de segurança.

Essa não é a primeira vez que a escultura já foi violada. Em outra ocasião, Brigitte teve o seu chapéu roubado, já explodiram seu peito com bomba e a escultura já foi até rebocada e arrastada por um carro há alguns anos atrás. A prefeitura não revelou se há a intenção da administração municipal em instalar câmeras de segurança para flagrar futuros vândalos, no entanto, a limpeza já foi providenciada pela Secretaria de Serviços Públicos da cidade. Resta saber se alguma câmera de vigilância dos comércios próximos, flagrou a ação dos vândalos.

No ano em que a cidade comemora os 50 anos da única visita de Brigitte Bardot a Búzios, a escultora Christina Motta, criadora da imagem, ao mesmo tempo que se indigna com a depredação ao monumento, festeja a repercussão da ação.

- Isso mostra o carinho que os moradores e turistas têm com o ícone do turismo da cidade. Ela já faz parte da paisagem da cidade e da cultura local. Por outro lado fico triste com o desrespeito de algumas pessoas, com a falta de visão com relação à importância que a escultura representa para a cidade. Algumas pessoas não têm respeito com a coisa pública, com obras de arte. Vou solicitar ao prefeito a instalação de câmeras de segurança. Em dezembro ou janeiro, a estátua será substituída por uma réplica para que possamos restaurar a original, que deverá ser restabelecida em 40 dias. O bronze está muito desgastado com a ação do tempo e de tanto que as pessoas passam a mão - disse a escultora, que projetou a imagem há 15 anos.

Christina lembra que o monumento teve sua primeira violação logo depois de ser criado. Na época, vândalos inseriram uma bomba no colo da estátua, o que danificou parte da imagem. Anos depois, a estátua teve o nariz quebrado com pedaços de paralelepípedo.
Em 2005, um grupo de estudantes amarrou a obra de arte com uma corrente e a arrancou do local com a utilização de um carro.