terça, 18 de junho de 2024
terça, 18 de junho de 2024
Cabo Frio
21°C
Park lagos
Park Lagos 2
Geral

Firjan SENAI inaugura duas unidades móveis para a oferta gratuita de cursos profissionalizantes

Em parceria com o Colégio Estadual Miguel Couto, mais de 300 vagas serão ofertadas na região ao longo de 2024

14 março 2024 - 11h11Por Redação
Firjan SENAI inaugura duas unidades móveis para a oferta gratuita de cursos profissionalizantes

A Firjan SENAI reforça a atuação na Região dos Lagos com a oferta de cursos gratuitos, para jovens e adultos, interessados em qualificação profissional. Nesta quarta-feira (13/3), a cidade de Cabo Frio recebeu duas unidades móveis da Escola Firjan SENAI, inauguradas no Colégio Estadual Miguel Couto - na Av. Treze de Novembro, 51 - onde serão abertas turmas em cinco áreas de formação. As instalações terão capacidade para oferecer mais de 300 vagas ao longo de 2024. A medida é resultado do acordo de cooperação técnica estabelecido entre a Firjan, através da gestão no Leste Fluminense, e a Secretaria Estadual de Educação.

A iniciativa, que faz parte do planejamento da federação para a expansão dos serviços pela Região dos Lagos, atende a uma das principais demandas locais, que é garantir a oferta de cursos para promover a qualificação de mão de obra. “Conseguimos trazer para esse espaço duas unidades móveis da maior importância: uma de panificação, que é um setor com grande demanda de mão de obra qualificada em todo o Brasil e a outra de Informática, também de grande relevância para a formação em TI. Essa é uma oportunidade única para esses alunos que, paralelo à educação regular, terão uma profissionalização, com o certificado do SENAI, de alto valor e empregabilidade no mercado”, destacou o 1º vice-presidente da Firjan, Luiz Césio Caetano, que inaugurou as instalações ao lado da superintendente de Projetos Especiais da Secretaria de Estado de Educação, Cristina Silveira.

Luiz Césio Caetano enfatizou o compromisso da federação com a educação e formação de mão de obra. Na ocasião, anunciou a nova unidade Firjan SENAI SESI que será instalada no município de São Pedro da Aldeia. A inauguração está prevista ainda para o primeiro semestre. “Já iniciamos a construção da unidade fixa que terá 3 mil m2, onde teremos um programa de formação de mão de obra para atender a demanda da sociedade e da indústria”, ressaltou o 1º vice-presidente da Firjan.

Unidades de Cabo Frio iniciam atividades com cinco modalidades de cursos

As unidades móveis oferecerão capacitação profissional para os alunos da escola e moradores das comunidades do entorno, que terão a oportunidade de ter formação técnica nos cursos de Operador de Computador, Assistente Administrativo, Assistente de Logística, Padeiro e Confeiteiro. “Essa é uma oportunidade incrível para a mobilidade social. Para o engrandecimento e fortalecimento da nossa economia regional e geração de renda. Estamos entregando essas unidades para promover a geração de emprego e renda para a Região dos Lagos”, enfatizou o presidente da Firjan Leste Fluminense, Ricardo Fernando Guadagnin.

O evento contou ainda com a participação do presidente do Sindicato da Indústria de Panificação de Niterói e Região (Sindpanific), Sérgio Bousquet, que enfatizou a necessidade de investimento na formação profissional para o setor. “Sempre buscamos atrair os jovens para esse aprendizado que vai melhorar a qualidade dos profissionais para o mercado”, complementou Bousquet.

Cursos oferecem formação para jovens e adultos da região

Com as primeiras turmas que começaram as aulas nesta quarta-feira, as unidades móveis já atendem 83 alunos que serão capacitados para atuação profissional. “O dia de hoje marca a concretização dessa parceria com a Firjan. Esse é um momento importante para os alunos que terão suas vidas transformadas com esses cursos, oferecendo oportunidade de se tornarem profissionais qualificados”, destacou a diretora do Colégio Estadual Miguel Couto, Stefânia Antunes.

Além de estudantes da escola, entre os inscritos para os cursos, há jovens e adultos da comunidade local, que buscam uma primeira formação técnica, conhecimento para uma segunda ocupação e até mesmo, mudar de profissão. Esse é o caso da professora de Filosofia, Silvia Helena Cardoso, que aos 52 anos de idade descobriu na panificação uma nova paixão, que aos poucos vem deixando de ser apenas um hobby e se tornando uma fonte de renda. Ao perceber a necessidade de ampliar os conhecimentos, decidiu aproveitar a oportunidade e se juntar aos alunos para se especializar.

“Sempre gostei de fazer pães e bolos. Fazia para família, amigos e aos poucos comecei a receber encomendas, o que foi me motivando. Senti a necessidade de aprender mais, me especializar e surgiu essa grande oportunidade”, conta Silvia que considera um desafio voltar às salas de aula para uma nova capacitação. “É diferente dos cursos rápidos, serão três meses de aulas diárias. É uma adaptação, mas estou muito animada, pois fazer pão é uma grande paixão. O pão para mim é uma forma de levar amor para as pessoas”, complementou a aluna, que pretende se especializar ainda na produção de pães com fermentação natural.

Novas turmas serão abertas no mês de junho. Os interessados já podem fazer o cadastro reserva para as próximas vagas. As inscrições são feitas de forma presencial, na unidade móvel.