Assine Já
terça, 07 de dezembro de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 53752 Óbitos: 2196
Confirmados Óbitos
Araruama 12500 448
Armação dos Búzios 6589 73
Arraial do Cabo 1755 93
Cabo Frio 15618 902
Iguaba Grande 5581 147
São Pedro da Aldeia 7054 290
Saquarema 4655 243
Últimas notícias sobre a COVID-19
EDUCAÇÃO

Escola cívico-militar em São Pedro da Aldeia é oficializada em Portaria

E.M. Miriam Alves de Macedo Guimarães é a unidade selecionada para implantação do conceito de gestão

13 julho 2021 - 14h03Por Redação
Escola cívico-militar em São Pedro da Aldeia é oficializada em Portaria

Já está publicada a Portaria n° 569 que oficializa a seleção de São Pedro da Aldeia para implantação da escola-cívico militar do Governo Federal. O documento do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (PECIM) confirma a escolha da E. M. Miriam Alves de Macedo Guimarães como a unidade nomeada para o novo conceito de gestão.

Na manhã desta segunda-feira (12), a direção da escola e representantes da Secretaria de Educação realizaram uma reunião de boas-vindas com os oficiais de Gestão Educacional da Marinha do Brasil. Participaram do encontro Capitão de Corveta, Novaes, e o Capitão-Tenente, Vinícius, que ficarão responsáveis em realizar a ligação entre a unidade de ensino e o PECIM.

Além da acolhida inicial, o encontro teve como objetivo o esclarecimento de dúvidas e o estreitamento de laços entre as equipes. Dando ênfase às questões humanas, o grupo também teve como pauta o resgate de valores, o sentido de cidadania e a disciplina. Os assuntos serão trabalhados com os alunos de 6º ao 9º ano atendidos na escola situada no bairro Fluminense.

A subsecretária de Educação, Kátia Moreno, esteve presente na reunião e falou sobre como o novo modelo de ensino irá favorecer no crescimento do aluno. ““Educação é feita de amor e de acolhimento, e esses valores terão evidência com o auxílio que teremos após o início do programa na escola Miriam. É uma felicidade ver que os alunos irão ter esses ensinamentos, que muitas vezes não recebem tanto destaque no seu dia a dia, como os temas que serão abordados no Projeto Valores”, disse Kátia, citando projeto já estabelecido na unidade.

Para o secretário de Educação, professor Elias Valadão da Mota, a realização é um marco para a Educação aldeense. “Fico profundamente feliz em ver que a educação está sempre caminhando rumo a feitos grandiosos para a cidade. Essa oportunidade será um diferencial na formação dos nossos alunos e também um marco, que será refletido em uma sociedade mais competente e dedicada em fazer o bem”, afirmou Elias.

Durante o encontro, também foi citada a seleção realizada pelo Ministério da Defesa para convocação de 10 militares veteranos para a área de monitoria da escola. A medida é interna e contará com o apoio de oficiais com formações que irão auxiliar nas atividades propostas pelo novo modelo de ensino.

O Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares é uma iniciativa do Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Defesa, que apresenta um conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa com a participação do corpo docente da escola e apoio dos militares. De acordo com o MEC, os professores e demais profissionais da educação seguem como responsáveis pelo trabalho didático-pedagógico, e os militares atuam apenas no apoio à gestão escolar e educacional.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.