Assine Já
segunda, 25 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
sal cisne

Esclarecimento à população: demolição da escola Luis Lindenberg

29 março 2019 - 11h05
Esclarecimento à população: demolição da escola Luis Lindenberg

A Refinaria Nacional de Sal S.A. lamenta a demolição do prédio da Escola Luis Lindenberg e vem a público esclarecer:

- Em 1968, com apoio da Refinaria Nacional de Sal S.A., seus funcionários criam o Grêmio Recreativo e Cultural 1º deMaio, com o objetivo de zelar pelo seu bem-estar social de e de suas famílias;

- O Grêmio iniciou suas atividades com um curso de alfabetização para os funcionários, mas logo passou a ensinar seus filhos;

- Era o nascimento da Escola Luis Lindenberg, cujas as atividades se realizavam no refeitório da empresa;

- Do refeitório, a Escola foi transferida para uma das casas da “vila operária” – que existia dentro da área da fábrica, em Ponta do Costa;

- Em 25 de março de 1970, a Refinaria inaugura o prédio da Escola Luis Lindenberg, no bairro Guarani, em Cabo Frio;

- Durante praticamente 30 anos a Escola foi gerida e administrada pelo Grêmio Recreativo e Cultural 1º de Maio, oferecendo Ensino de 1º e 2º graus de excelente qualidade no prédio construído por e de propriedade da Refinaria Nacional de Sal;

- Em 1º de agosto de 1999, o prédio da Escola é cedido, através de Contrato de Comodato, por 20 anos, para a Administração Municipal de Cabo Frio, que assume a gestão no lugar do Grêmio;

- Durante toda a vigência do Contrato de Comodato a Refinaria continua proprietária do imóvel, porém não mais responsável por sua guarda e manutenção;

- Em 04 de julho de 2018, através do Ofício 677/GAB-SEME/2018, a Refinaria é informada, pelo sr. Secretário Municipal de Educação, que, “por determinação da Defesa Civil, a partir dessa data, o prédio da Escola Luis Lindenberg está interditado por tempo indeterminado.”;

- Em 14 de fevereiro de 2019, o Decreto Municipal nº 5.959 declara “de interesse público para fins de desapropriação”, a área da Escola;

- A desapropriação, consensual e por valor simbólico, abre caminho para a Administração Municipal desenvolver novos projetos para a área;

- Em 17 de março de 2019, inicia-se a demolição do prédio.

Fazemos votos para que a Administração Municipal tenha sucesso em seu projeto de construção de uma nova escola na área desapropriada, mantendo vivo o ideal e o propósito da Refinaria Nacional de Sal S.A. – Sal Cisne, de seus funcionários e do Grêmio Recreativo e Cultural 1º de Maio, de oferecer uma melhor oportunidade de educação e lazer à população de Cabo Frio.

Que a demolição não represente o fim da Escola Luis Lindenberg, mas o início de um novo tempo.

REFINARIA NACIONAL DE SAL S.A.

Cabo Frio, Março de 2019.