Assine Já
domingo, 26 de março de 2023
domingo, 26 de março de 2023
Cabo Frio
24°C
Shopping Mulher
Shopping mulher
morte

Enterros causam grande comoção em Cabo Frio

Affonso Santa Rosa e Gerardo Campana foram sepultados no Cemitério Santa Izabel, no Portinho

02 abril 2016 - 10h47

Autoridades, sobretudo do Poder Legislativo, e amantes da arte se emocionaram nas despedidas de dois homens no Cemitério Santa Izabel, no Portinho, em Cabo Frio, na manhã de ontem. Os corpos do professor Affonso Santa Rosa e do artista plástico Gerardo Campana foram sepultados por volta das 11h.

Os vereadores Aquiles Barreto e Marcello Corrêa, além dos ex-parlamentares Acyr Rocha e Silas Bento, atual vice-prefeito, foram dar adeus ao amigo.
O filho de Affonso, o professor César Augusto Santa Rosa, sente muito orgulho pelo pai.

– Papai foi um expoente na cidade. Foi um professor e educador de primeira. Além disso, exerceu outras atividades como secretário e diretor da Câmara dos Vereadores. Ele era o cerne da família.

O prefeito Alair Corrêa vê o nome de Affonso escrito na história cultural de Cabo Frio.

– Affonso foi secretário no meu primeiro governo. Na época, ele fez uma revolução no Ensino Médio. Realmente foi um homem que deixou saudade e tem o nome escrito na história de Cabo Frio – comentou.

Após uma longa missa para Gerardo Campana, o uruguaio foi enterrado diante das lágrimas de familiares e amigos.

– Ele era uma pessoa muito amável. Era um comunista, ateu, resumindo, um artista em suma. Além de ser uma pessoa muito culta – disse o músico David Albuquerque.

*Confira matéria completa na edição deste fim de semana da Folha dos Lagos.