Assine Já
sábado, 28 de março de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
19ºmin
FISCALIZAÇÃO

Enel faz operação ‘Energia Legal’ em Cabo Frio

Até esta sexta-feira (21), a companhia realizará com a Polícia Civil ações contra 'gatos' de energia

18 fevereiro 2020 - 19h26Por Redação
Enel faz operação ‘Energia Legal’ em Cabo Frio

A Enel Distribuição Rio realiza esta semana a operação Energia Legal em Cabo Frio. Até esta sexta-feira, dia 21, a companhia realizará, em conjunto com a Polícia Civil, fiscalizações para combater o furto de energia, também conhecido como ‘gato’. 

Além disso, os moradores do município terão acesso a diversas ações da distribuidora, como troca de lâmpadas e facilidades no parcelamento de contas de energia. Outras iniciativas, como palestras e orientações sobre o consumo consciente de energia, serão realizadas em vários pontos da comunidade. Esta é a segunda edição da  operação Energia Legal em Cabo Frio. A iniciativa será realizada também em outras cidades da Região dos Lagos ao longo do ano.

Além de contar com as palestras sobre combate ao furto de energia, uso seguro e consciente da energia elétrica, o projeto disponibilizará uma unidade móvel de atendimento, onde os clientes poderão solicitar serviços comerciais, como segunda via de conta e troca de titularidade, bem como parcelamentos. Os principais bairros onde estarão concentradas as ações serão: Jardim Esperança, Cajueiros, Peró, Guarani, São Cristóvão, Praia do Forte e Centro. 

Ao longo da operação, a Enel também oferecerá informações e atendimento para o cadastro na Tarifa Social de Energia (Baixa Renda), projeto do Governo Federal que oferece descontos na conta de energia de até 65% em relação à tarifa residencial normal. Têm direito ao desconto da Tarifa Social: famílias inscritas no CadÚnico com cadastro atualizado há menos de dois anos e com renda familiar mensal, por pessoa, menor ou igual a meio salário mínimo; famílias inscritas no CadÚnico com renda mensal de até três salários mínimos e que tenham na residência portador de doença crônica, cujo tratamento necessite do uso contínuo de equipamentos vitais que dependam de energia elétrica (Cliente Vital); beneficiários do Benefício de Prestação Continuada – idosos ou pessoas com deficiência que tenham renda familiar de até 1/4 do salário mínimo por pessoa. 

Na primeira edição do projeto em Cabo Frio, em Unamar, a companhia identificou furto de energia em 397 clientes, sendo 384 residências e 13 comércios. 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa. Ligue já ou envie mensagem pelo WhatsApp: (22) 99933-2196.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.