Assine Já
quinta, 13 de maio de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Tropical
http://www.alerj.rj.gov.br/
TEMPO REAL Confirmados: 37918 Óbitos: 1447
Confirmados Óbitos
Araruama 9612 300
Armação dos Búzios 4692 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10088 529
Iguaba Grande 3759 93
São Pedro da Aldeia 5248 224
Saquarema 3202 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
Enel

​​Enel descobre ligação irregular em posto de saúde

Descoberta ocorreu após corte na energia do ginásio municipal por falta de pagamento

09 agosto 2019 - 18h04Por Redação I Foto: divulgação
​​Enel descobre ligação irregular em posto de saúde

A concessionária de energia elétrica Enel descobriu uma ligação irregular no posto de saúde do bairro Itajuru, em Cabo Frio. A descoberta ocorreu após o corte na energia elétrica do Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto, no mesmo bairro, por falta de pagamento por parte da Prefeitura. Segundo a Enel, o posto de saúde utilizava a energia do ginásio, o que é irregular, embora não se trate de um “gato” pois o consumo estava sendo registrado. A Prefeitura informou que, após a denúncia, pediu uma ligação própria para o posto de saúde.


“A Enel Distribuição Rio informa que o Posto de Saúde mencionado estava ligado de forma irregular ao Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto, que teve o seu fornecimento de energia cortado no dia 25 de julho por apresentar débitos com a companhia.  A distribuidora esclarece que o Posto de Saúde necessita de um medidor de energia independente e exclusivo. A empresa acrescenta que Prefeitura entrou com um pedido de ligação nova no dia 01 de agosto para regularizar a situação do Posto de Saúde e a companhia já está em contato com o governo municipal para orientar sobre as condições para a ligação do imóvel”, diz a nota da Enel.


Segundo a concessionária, a dívida da Prefeitura é de R$ 15 milhões. Já a Prefeitura afirma que a dívida é de R$ 9,9 milhões. Atualmente são 11 repartições públicas da Prefeitura de Cabo Frio sem energia elétrica. 


“A Enel acrescenta que cortou o fornecimento de energia de onze unidades da Prefeitura de Cabo Frio por falta de pagamento do poder público municipal à distribuidora de energia. A dívida se refere a cerca de R$ 15 milhões em faturas vencidas até o final de junho/2019. A Enel reforça que somente tomou a decisão de interromper o abastecimento de energia após tentar negociar o débito em várias ocasiões. A empresa esclarece que o corte foi precedido de notificação, cumprindo a resolução 414 da agência reguladora do setor elétrico (ANEEL), e ocorreu em unidades que não prestam serviços essenciais”, afirma ainda a concessionária.


A Prefeitura, por sua vez, diz que está negociando com a concessionária, mas afirma que a prioridade no momento é direcionar verbas para o pagamento dos funcionários, que está atrasado.


“A Secretaria de Administração informa que o débito da Prefeitura com a concessionária de energia elétrica é de R$9.973.734,47, já incluindo os parcelamentos. Os prédios que tiveram corte de energia, são: Cras de Botafogo, Cras de Tamoios, Subprefeitura de Tamoios, Ginásio Poliesportivo João Augusto Teixeira Silva, Ginásio Poliesportivo Aracy Machado, Estádio Correão, Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb e Coordenadoria de Posturas. A Unidade Básica de Saúde do Itajuru funcionava onde hoje é o prédio da Secretaria de Educação. No governo passado, foi transferida para o imóvel atual, cedido pela Secretaria de Esportes, e, por isso, teve a energia cortada. O governo municipal está trabalhando para restabelecer a energia. Recentemente, a Saúde solicitou um ponto de consumo próprio para o local, o que foi negado pela concessionária. A Prefeitura vai recorrer da decisão. É importante ressaltar que a prioridade nesse momento é cumprir o calendário de pagamento dos servidores. Assim que os salários forem pagos, o município irá dar continuidade às negociações com a empresa para que a energia seja totalmente restabelecida nos prédios públicos”, diz a nota da Prefeitura.