Assine Já
quarta, 27 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
31ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 22503 Óbitos: 742
Confirmados Óbitos
Araruama 5567 166
Armação dos Búzios 2960 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 6068 247
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
treinamento

Programa de Manufatura Enxuta, do Sebrae, auxilia empresários a otimizar processos

Programa de Manufatura Enxuta, do Sebrae, auxilia empresários a otimizar processos 

20 maio 2015 - 16h13
Programa de Manufatura Enxuta, do Sebrae, auxilia empresários a otimizar processos

 

Nicia Carvalho

 

Como aumentar a produtividade e manter o desperdício em baixa? Esta deve ser a pergunta que a maioria dos empresário se faz, ainda mais em tempos de crise. Com vistas a este contingenciamento, o Sebrae/RJ traz pela primeira vez para a Região dos Lagos o programa Lean – Manufatura Enxuta para melhorar a produção é reduzir desperdício.
– O momento é ideal para este treinamento porque estamos numa situação de crise, que pode evoluir, e o treinamento oferece preparação paras encarar estes momentos. O custo benefício do programa é altíssimo porque traz melhora imediata do resultado financeiro – explicou Ana Claudia Vieira, coordenadora do Sebrae na Região dos Lagos.
Vinte empresários locais iniciaram ontem o treinamento, sendo nove confecções e 11 do segmento alimentício. O programa, com duração de um ano, é composto por um mix de 84 horas durante três a cinco a meses, de acordo com as necessidades de cada empresa. Além das aulas, o treinamento abrange ainda planejamento, reuniões nas empresas e execução dos novos projetos.
Segundo Ana Claudia, o método realizar atividades voltadas para otimizar produtos e processos de uma empresa, trazendo aumento de produtividade, ganhos de áreas, melhorias ergonômicas, eliminação de problemas de qualidade e redução de movimentações, entre outros resultados.
– Os consultores vão às empresas, estudam a produção e desenham as mudanças junto com os empresários – explicou Ana Claudia.
Cabo Frio é a quarta cidade no estado a receber o programa, que já foi implantado em empresas de Volta Redonda, Friburgo e Três Rios.
 

Empresas colhem resultados

O retorno com a aplicação da metodologia é vivido na prática por empresas que adotaram novos processos de produção. Em Friburgo, a empresa Lucitex, por exemplo, produzia 380 peças de lingerie por dia com 13 funcionários. Após o programa passaram a fazer 600 peças, com pico de 800.

* Leia matéria completa na edição de hoje da Folha.