Assine Já
quinta, 28 de outubro de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52450 Óbitos: 2151
Confirmados Óbitos
Araruama 12382 441
Armação dos Búzios 6530 73
Arraial do Cabo 1736 93
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6993 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
NADA NO BOLSO

Em greve e de quarentena, Educação de Cabo Frio cobra finalização do pagamento dos salários de fevereiro

Sepe estima 40% dos servidores ainda sem receber; Prefeitura afirma que depósito foi feito neste terça (17)

17 março 2020 - 19h57Por Rodrigo Branco
Em greve e de quarentena, Educação de Cabo Frio cobra finalização do pagamento dos salários de fevereiro

As atenções estão praticamente todas voltadas para o combate ao novo coronavírus e a proteção da saúde individual e coletiva, mas para uma parte dos servidores da Educação de Cabo Frio, a angústia piora por causa do atraso no pagamento dos salários de fevereiro. De acordo com o Sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos), cerca de 40% dos professores e funcionários ainda não receberam.

No momento, os servidores cumprem quarentena imposta pelo governo municipal como prevenção à pandemia da doença, mas pouco antes já haviam saído de sala de aula, em greve, por causa da falta de pagamento. A paralisação terminaria nesta quinta (19), mas a categoria espera que a folha salarial seja fechada de uma vez.

– A situação que era ruim se tornou dramática por causa do coronavírus. Gera um estresse maior, uma insegurança maior porque entre os que estão sem pagamento estão muitos readaptados que são pessoas que têm problemas de saúde. Que precisam de medicamentos e não têm salário. A última previsão dada pelo governo é que o pagamento seria amanhã (quarta) e nós esperamos que realmente essa previsão se cumpra, porque na atual circunstância fica difícil realizar uma nova assembleia. O ato que seria realizado em defesa da Educação e do Fundeb amanhã foi cancelado – disse a coordenadora-geral do Sepe Lagos, Cíntia Machado.

Para a professora Sinéa Barbosa, o foco no combate ao coronavírus vai trazer mais dificuldade para o pagamento dos salários. Um problema e tanto em meio à pandemia, onde a recomendação é manter a higiene e reforçar a alimentação. Com os bolsos vazios, o desafio é ainda maior.

– Estamos todos sem receber, estamos todos sem dinheiro. Quem está bancando a minha casa é meu filho, que é veterinário e que está comprando as coisas. O meu salário está na Prefeitura e eu não sei aonde está indo o dinheiro. As pessoas não têm dinheiro nem para comprar remédio. Ontem, uma amiga minha me pediu ajuda e eu fui as redes sociais pedir porque ela é cardíaca. Graças a Deus eu consegui – relata.

Procurada pela Folha, a Prefeitura de Cabo Frio informou que já foi depositado o salário para os servidores que ainda não tinham recebido e que o calendário de pagamento será cumprido. Para esta quarta-feira (18), o escalonamento do governo municipal prevê ainda que recebam os concursados da Saúde e da Administração.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.