Assine Já
segunda, 21 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
ensino medio

​Em Cabo Frio, comunidade escolar do Marli Capp luta para segurar Ensino Médio

Professores, alunos e pais se reúnem nesta quarta-feira

22 fevereiro 2017 - 08h29
​Em Cabo Frio, comunidade escolar do Marli Capp luta para segurar Ensino Médio

Professores, alunos e pais da escola municipal Marli Capp, em Tamoios, reúnem-se hoje à noite para estudar uma forma de pressionar o Ministério Público e a Prefeitura a manter o Ensino Médio na unidade. Uma reunião na última quinta-feira assegurou a permanência dos colégios Rui Barbosa, Arlete Rosa Castanho e Nilo Batista na rede municipal, mas de acordo com o Sepe-Lagos, o MP entendeu que não havia ‘mobilização suficiente’ por parte da comunidade escolar do Marli Capp, o que foi negado pelos moradores do segundo distrito.

– O intuito (da reunião) é justamente mostrar ao MP que Tamoios está se mobilizando, sim, pela continuação do Ensino Médio no Marli Capp. Diferente do que foi dito, estamos mobilizados, mas não fomos avisados da reunião na quinta-feira – alega a conselheira tutelar de Tamoios, Zenilda Gomes.

A conselheira alega ainda que por causa da greve na Educação e da reposição das aulas da rede municipal, os alunos egressos do 9º ano começariam o Ensino Médio no Estado com dois meses de atraso, caso o segmento seja realmente excluído do colégio tamoiense. Ela afirma ainda que a única escola da rede estadual de Tamoios (Ciep Lysia Bernardes) não tem capacidade para absorver a demanda.

A secretária de Educação, Laura Barreto, prefere manter a cautela sobre o assunto. Ela afirmou que, pelo acordo com o Ministério Público, o município tem 30 dias para levantar os custos com o Ensino Médio e a viabilidade de manutenção de todas as escolas na rede de Cabo Frio.

Em nota, a pasta complementou dizendo que o objetivo é comprovar que a manutenção dos colégios municipais de Ensino Médio não compromete os investimentos na Educação Básica, que é de responsabilidade da Prefeitura, uma vez que o Ensino Médio deve ser gerido prioritariamente pelo Governo do Estado. 

*Foto: RC24h