Assine Já
segunda, 21 de setembro de 2020
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
educacao

Em assembleia, Educação aceita por unanimidade proposta do governo de Cabo Frio

Greve será retomada se agenda de pagamento proposta pela Prefeitura não for cumprida

06 janeiro 2017 - 20h44
Em assembleia, Educação aceita por unanimidade proposta do governo de Cabo Frio

Algumas horas depois de lideranças sindicais da Educação costurarem um acordo com o governo, a proposta foi aceita por unanimidade em assembleia realizada na noite desta sexta-feira (6) , no Edilson Duarte.

A promessa do governo é pagar o resíduo de outubro e os meses de novembro do ano passado e janeiro deste ano entre os dias 18 e 30 deste mês. Uma nova assembleia será feita no dia 31.

Se o pagamento não for cumprido, a greve será retomada; se for, os educadores voltam às escolas no dia 1º de fevereiro para repor as aulas perdidas no ano letivo de 2016.

Segundo a diretora de comunicação do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) Lagos, Denise Teixeira, o ‘sim’ à proposta é um “voto de confiança” ao governo.

– A categoria sai da greve, mas nos mantemos em estado de greve. Isso significa que demos um voto de confiança ao governo. Vamos esperar. Se o pagamento for feito como prometido, no dia 1º estamos nas salas de aula para repor 2016 – disse ela após a assembleia, que durou cerca de duas horas.

Leia reportagem completa na edição impressa da Folha deste fim de semana, que estará nas bancas neste sábado (7).