Assine Já
domingo, 12 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 344 Confirmados: 3388 Óbitos: 196
Suspeitos: 344 Confirmados: 3388 Óbitos: 196
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 272 7
Arraial do Cabo 16 84 11
Cabo Frio X 1037 64
Iguaba Grande 12 241 20
São Pedro da Aldeia 10 530 19
Saquarema 32 566 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
Conselho Tutelar

Eleitores denunciam eleição do Conselho Tutelar

No WhatsApp e nas redes sociais, leitores se queixam de boca de urna e compra de voto

06 outubro 2015 - 09h35

NICIA CARVALHO

Foram muitas as reclamações nas redes sociais e em grupos de whatsapp sobre suposta cor­rupção na eleição ocorrida no domingo para a escolha dos dez novos membros dos Conselhos Tutelares de Cabo Frio e de Tamoios, no segundo distrito. Entre as queixas, boca de urna, compra de voto, distribuição de panfletos, além de fretamento de ônibus e vans, por parte de polí­ticos da cidade, para transporte de eleitores.

Leitores enviam fotos de boca de urna e compra de voto

A Folha recebeu fotos e víde­os, mas os denunciantes pediram para não serem indentificados. Denúncia anônima também foi feita na Escola Municipal Zélio Jotha, um dos locais de vota­ção, e à ouvidoria do Ministério Público. Segundo informações de eleitores, não havia policiais militares, guardas municipais ou fiscais do MP nas ruas.

– Eu votei na Zélio Jotha (escola), por volta das 10h30, e tinha muita gente fazendo boca de urna. Fiz foto, vídeo. Teve fila e algumas pessoas tiveram dificuldade para votar porque era necessária uma senha para cada pessoa, que se não funcionasse, o eleitor não poderia votar. Tam­bém liguei para o número 127, do Ministério Público – contou a eleitora Ana Paula Garcia.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta terça-feira (6)