Assine Já
sábado, 19 de setembro de 2020
Região dos Lagos
31ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
eleições 2016

Eleições 2016: impugnados contra a parede

A uma semana da votação, candidatos impedidos pelo TRE ainda tentam reverter situação

24 setembro 2016 - 10h02

RODRIGO BRANCO

 

Faltam oito dias para as eleições, mas para um grupo de candidatos as preocupações vão além dos últimos comícios e eventos de campanha. Os candidatos que tiveram o registro indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral têm colocado suas equipes jurídicas para trabalhar a fim de tentar reverter o quadro.

Em Cabo Frio, a situação de Marquinho Mendes (PMDB) continua indefinida, uma vez que, segundo o site do TSE, ele continua com a candidatura impugnada. No entanto, sem entrar em detalhes, sua defesa é só confiança com relação ao desfecho do caso.

– Marquinho Mendes é candidato. Eu posso garantir, sem arrogância, que no dia 2 de outubro o nome, a foto e o número dele vão aparecer na urna eletrônica. E mais: se ele ganhar, garanto que vai tomar posse como prefeito, assim como Alair – crava o advogado Carlos Magno de Carvalho, citando o exemplo da última eleição quando o atual prefeito, mesmo vencendo no voto, só garantiu o cargo em dezembro, por causa de problemas com a documentação.

Questionado se os votos dados a Marquinho serão ‘zerados’ na urna, Carlos Magno passou a bola para a Justiça Eleitoral.

– Se vai ser zerado, quem vai julgar isso é o TRE. Mas repito que, se ele ganhar, vai ser prefeito de Cabo Frio – disse.

O mesmo otimismo ele dispensa às causas de seus outros clientes: Renatinho Vianna (PRB), em Arraial do Cabo; Miguel Jeovani (PMDB), em Araruama; e Mirinho Braga (PDT), em Búzios.

– Não me preocupo com o caso de nenhum deles – resume o advogado, que passou boa parte do dia de ontem em reuniões com os candidatos para traçar as estratégias de defesa.

Outro caso que gera bastante expectativa é o do candidato à reeleição de Búzios, André Granado (PMDB), cujo recurso será julgado pelo TRE do Rio nesta segunda-feira. A análise seria feita na semana passada, mas foi adiada.

Da mesma forma, continua pendente a situação do candidato Walter Lucio Tê (PMDB) em Arraial do Cabo. Assim como seu adversário, Renatinho Vianna, o nome do peemedebista consta na listagem de inelegíveis do Tribunal de Contas do Estado (TCE -RJ). A reportagem tentou entrar em contato com Sérgio Azevedo, advogado de Tê e André Granado, mas até o fechamento desta edição não tinha obtido sucesso.

 

Panfletos contra Marquinho espalhados

Na manhã de ontem, foram encontrados em vários pontos da cidade, inclusive em Tamoios, vários panfletos contra o candidato do PMDB à Prefeitura de Cabo Frio, Marquinho Mendes. A publicação apócrifa fazia menção à condição de impugnado de Marquinho, chamando-o de ‘ficha suja’. Além disso, o cartaz tenta induzir o eleitor a não votar no peemedebista sob pena de supostamente ter o voto anulado. 

O advogado de Marquinho, Carlos Magno de Carvalho, afirmou ontem que ‘tomará as providências cabíveis.

– Vamos tomar sérias providências. Isso é desespero dos adverssários, pois só o desespero faz com que cometam infrações eleitorais, e esta é uma infração – comentou o advogado.