Assine Já
sexta, 18 de junho de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 42971 Óbitos: 1659
Confirmados Óbitos
Araruama 10577 334
Armação dos Búzios 5176 57
Arraial do Cabo 1486 82
Cabo Frio 11408 615
Iguaba Grande 4427 107
São Pedro da Aldeia 5868 254
Saquarema 4029 210
Últimas notícias sobre a COVID-19
cabo frio

Educação decide se greve continua em Cabo Frio

Categoria realiza nova assembleia nesta segunda (21), às 18h

20 dezembro 2015 - 14h20
Educação decide se greve continua em Cabo Frio

Em greve há 13 dias, os profissionais da Educação de Cabo Frio realizam nova assembléia na segunda-feira (21), às 18h, na Escola Municipal Professor Edilson Duarte. A categoria decide sobre a continuidade ou não da paralisação, além de aprovarem calendário com próximos passos do movimento. Os profissionais cruzaram os braços após novo atraso no pagamento dos salários. Desde agosto são constantes as manifestações em protesto pela forma como a Educação vem sendo administrada no atual governo.

 Para se ter uma ideia, nas duas últimas semanas a categoria tem realizado protestos constantes por falta de pagamento referente a novembro, ao décimo terceiro (que por lei deve ser pago até o dia 20) e o salário de dezembro. As manifestações, no entanto, nem sempre são pacíficas. Na última quinta-feira (17) protesto da Saúde e da Educação na Secretaria de Fa­zenda de Cabo Frio foi parar na 126ª DP. Guardas unicipais e ativistas se desentenderam, alguns ficaram feridos. Manifestantes chegaram a fazer exame de corpo de delito, no Instituto Médico Legal (IML) da cidade.

No mesmo dia,  o juiz Caio Romo, da 1ª Vara Civil, determinou que a Prefeitura de Cabo Frio efetue o pagamento dos salários dos funcionários municipais referente ao mês de novembro e o pagamento do 13º salário até segunda-feira (21) e que o agamento do mês de dezembro seja efetuado até o 5º dia útil de janeiro. A decisão ocorreu após apresentação de ação movida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cabo Frio (Sindicaf). 

Educação no Estado -- Também nesta segunda, profissionais da rede estadual de ensino prmovem ato na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) a partir das 9h. A mobilização acontece em protesto contra os cortes no orçamento da Educação para 2016, já que haverá, neste dia, votação extradordinária do projeto de lei orçamentária.