Assine Já
segunda, 19 de abril de 2021
Região dos Lagos
25ºmax
20ºmin
http://www.alerj.rj.gov.br/
http://www.alerj.rj.gov.br/
TEMPO REAL Confirmados: 33802 Óbitos: 1256
Confirmados Óbitos
Araruama 8610 270
Armação dos Búzios 4107 54
Arraial do Cabo 1200 62
Cabo Frio 9174 447
Iguaba Grande 3308 82
São Pedro da Aldeia 4591 188
Saquarema 2812 153
Últimas notícias sobre a COVID-19
Geral

Dio Cavalcanti retoma carreira musical neste sábado (26)

Compositor cabofriense apresenta trabalho autoral no Teatro Municipal

25 outubro 2014 - 17h19Por Alex Tavares

O multi-artista cabofriense Dio Cavalcanti irá retomar sua carreira musical no local onde, literalmente, deu seus primeiros passos, o Teatro Municipal Inah de Azevedo Mureb, no Algodoal, Cabo Frio. O espetáculo ‘Viés de Mim’, desenvolvido pelo próprio artista, será apresentado neste sábado (25), e terá como principal atrativo a mescla de canções de autoria própria e cenas teatrais que foram elaboradas através de sua vivência nos palcos e picadeiros, já que Dio também tem formação teatral e circense.

Dio Cavalcante é filho de Silvana Lima e Ivan Tavares, alguns dos membros fundadores do grupo teatral Creche na Coxia, fato que ele classifica como fundamental para sua formação artística e pessoal. De acordo com ele, os últimos detalhes técnicos do espetáculo já foram finalizados, mas “a proximidade do dia da apresentação já desperta um pouco de ansiedade e nostalgia”.

- Já comecei a sentir um ‘friozinho na barriga’, mas isso não irá me atrapalhar em nada, muito pelo contrário. Não se trata de nervosismo, mas sim ansiedade para ver a reação do público quanto ao meu trabalho. Além disso, é inevitável não lembrar tudo que passei dentro deste teatro. Meus pais são alguns dos membros fundadores do Creche na Coxia, grupo que recebeu este nome justamente porque alguns dos casais de atores tiveram filhos na mesma época, e acabavam deixando os bebês nos bastidores. Eu sou uma dessas crianças, e o fato de ter nascido e crescido em um ambiente artístico foi decisivo na minha formação pessoal e profissional. Costumo dizer que sou artista desde a barriga da minha mãe. Agora os papeis estão invertidos. Sou eu quem vai colocar um filho no mundo – disse ele, referindo-se ao espetáculo.

.O artista trabalha com músicas próprias desde os 13 anos de idade, e já soma cerca de 100 composições. Formado em artes cênicas pela Unirio e em música pela Villa Lobos, Dio dedicou boa parte de seu tempo ao teatro. Há dois, ele ingressou em um grupo musical que contava com o apoio de grandes artistas. No entanto, o músico não estava satisfeito com direcionamento da carreira.

- Por mais que eu tivesse apoio, sentia que meu trabalho estava estagnado. Não conseguia imprimir minha marca e evoluir como compositor, já que trabalhava apenas fazendo covers de outros artístas. Resolvi arriscar tudo, e espero que o público se identifique com minhas composições - disse.

O espetáculo que será apresentado no Teatro Municipal de Cabo Frio foi desenvolvido com uma dinâmica diferenciada, mesclando as composições do artista e cenas teatrais baseadas nas linguagens utilizadas em sua pesquisa como ator.

- Como meu trabalho ainda não teve divulgação, não é conhecido pelo público, procurei desenvolver uma forma de prender a tenção dos espectadores, já que o espetáculo vai ser apresentado no teatro, com as pessoas sentadas. Para não correr o risco de deixar o espetáculo muito parado, com o público perdido, resolvi fundir meus conhecimentos teatrais e desenvolvi uma dinâmica diferente. As música serão intercaladas por encenações. Espero que o público goste do resultado, que vem sendo desenvolvido com muito carinho por mim e por todos os envolvidos – finalizou.